Ex-concorrente do The Voice Portugal DETIDO no Brasil. Saiba o motivo!

Tiago Nacarato foi parado numa operação stop e acabou por ser detido no Rio de Janeiro. O agente do artista falou esclareceu toda a situação.

25 Out 2018 | 11:35
-A +A

Tiago Nacarato, ex-concorrente do The Voice Portugal, terá sido detido na madrugada desta terça-feira, 23 de outubro, pela polícia do Rio de Janeiro, no Brasil. Acompanhado da apresentadora brasileira, Maytê Piragibe, o cantor foi mandado parar numa operação stop.

Segundo a Revista Quem, os jovens artistas foram abordados pela polícia civil e, depois de terem sido revistados, os agentes encontraram dois cigarros de cannabis, com cerca de oito gramas cada um.

Leia mais: The Voice: Tiago Nacarato e Cláudia Pascoal estão juntos

 

Agente do cantor esclarece situação

Depois da situação, os dois artistas foram levados para a esquadra para prestarem declarações. No entanto, o agente do cantor afirma que Tiago apenas estava na companhia de Maytê que foi acusada pelo crime de posse de droga para consumo próprio.

Ao que João Diniz, o agente, relata, Tiago Nacarato já está a caminho de Portugal após ter dado um concerto esta quarta-feira, 24 de outubro, em São Paulo. Concerto este que acabou por esgotar.

Veja ainda: Conquista o público português com as suas raízes

«Ele não teve qualquer envolvimento ou acusação, estava simplesmente com ele. Ele estava com uma amiga que tinha um cigarro misturado com erva, algo perfeitamente comum em qualquer  lugar do mundo e que a imprensa atuou de uma forma indevida. Como referi ele não teve qualquer  envolvimento, tocou ontem e hoje viaja para Portugal. Deu dois concertos esgotados ontem em São Paulo», acrescentou.

Quando questionado se Tiago terá de responder a tribunal, como avança a imprensa brasileira, João Dinis esclarece: «Porque haveria de ir a tribunal se não tinha nada em posso dele que o comprometesse. Há alguma foto dele preso ou com mandato de captura ou imposição de viajar? Como disse ele tocou ontem».

De acordo com o comentador Leo Dias, os dois foram posteriormente colocados em liberdade.

Fotos: Redes Sociais

PUB
Top