Ex de Dália Madruga suspenso após ser apanhado com cocaína!

O piloto madeirense Bernardo Sousa, que namorou com Dália Madruga, foi suspenso dois anos após ter acusado cocaína num controlo antidoping.

18 Out 2019 | 15:30
-A +A

Bernardo Sousa, que já foi campeão nacional de ralis, foi suspenso por dois anos depois de acusar cocaína num controlo antidoping. Quem o confirmou foi a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK). De acordo com o comunicado revelado pela FPAK, o controlo teve lugar no rali Sical, a terceira prova de Campeonato Açores de Ralis. Prova que aconteceu nos dias 7 e 8 de junho de 2019. Acabou por ser detetada cocaína, um estimulante proibido em competição, no piloto madeirense.

Numa fase inicial, Bernardo Sousa justificou o controlo positivo com o consumo de uma substância médica. «Por motivos relacionados com dificuldades respiratórias, utilizei um medicamento inalável que melhor a atividade brônquica e pulmonar. Reconheço, agora, que o terei feito, inadvertidamente, em doses supraterapêuticas, que redundaram num controlo positivo», escreveu nas redes sociais a 9 de julho.

Mais tarde, e durante o processo, Bernardo Sousa acabou por assumir ter consumido cocaína numa festa. Saiba mais sobre o caso aqui

Namoro com Dália Madruga terminou em 2012

 

Bernardo Sousa, atualmente com 32 anos, tornou-se mediático no mundo dos famosos quando, em 2010, começou a namorar com a então apresentadora da RTP Dália Madruga. O piloto e a atual mulher do cavaleiro Marcos Tenório Bastinhas terminaram o namoro em outubro de 2011, tendo reatado a relação no início de 2012.

Em maio desse ano, o piloto madeirense pediu a namorada em casamento mas, em julho, decidiam terminar a relação definitivamente.

 

Texto: Bruno Seruca com Raquel Costa

 

Veja mais:
Dália Madruga mostra momento ternurento da filha com um cão
Dália Madruga partilha foto a amamentar

PUB
Top