Ex-Love On Top revela doença incontrolável: «Sofri todos os dias lá dentro»

«Em cada gala que tive sentia o coração a palpitar, uma falta de ar enorme, tremuras, tonturas», revela ex-concorrente do Love On Top, em exclusivo, à TV 7 Dias.

25 Set 2019 | 21:50
-A +A

Ivan Marcelo sofre de um problema de saúde que tem sido um grande obstáculo na sua vida: a ansiedade. À TV 7 Dias, o ex-concorrente do Love On Top 10 revela os pormenores desta doença, que já tinha sido diagnosticada antes da sua entrada no programa da TVI.

O jovem afirma que sempre teve «ataques de pânico» e de «ansiedade» e que durante a prestação na mansão do amor, teve de aprender a controlar esse problema. «Sofri todos os dias de ansiedade lá dentro». 

Para além de toda a ajuda da produção da TVI, Ivan teve o forte apoio de três pessoas essenciais: Paulo Nicola, Diogo Miranda e Helena Dias, a ex-namorada que conheceu no programa.

«Em cada gala que tive sentia o coração a palpitar»

 

«Entrei para o Love On Top para me testar, para ver os meus limites devido a esta doença que se chama ansiedade. É algo que já começa a aparecer cada vez mais. Poucas pessoas têm coragem de admitir que têm ansiedade, sem saber que o primeiro passo é admitir que se tem», começa por referir. «Não é motivo de vergonha, quem tem ansiedade é porque guardou muita coisa, ou seja, foi muito forte e a fraqueza torna-se em ansiedade por aguentarem tanto. Não são pessoas fracas mentalmente», acrescenta.

O barbeiro garante que a «melhor fase» da sua vida foi mesmo na sua estadia em Love On Top, uma vez que conseguiu controlar a doença, mas que cá fora «nem tanto». «Foi uma batalha conquistada por mim mesmo. Estive do início ao fim do programa e eu pensava que não conseguia. A força dos meus colegas mais próximos foi essencial para essa minha conquista. Em cada gala que tive sentia o coração a palpitar, uma falta de ar enorme, tremuras, tonturas e tinha que ter sempre uma garrafa de água por perto para amenizar a situação. Nunca contei derivado ao facto de querer ser tratado de igual forma», refere.

«Às vezes apenas tomamos decisões erradas por medo»

 

A ansiedade é algo que já o acompanha ao longo da vida, porém, não o impede de lutar pelos objetivos: «todos os dias sinto-me um pouco limitado, mas arrisco». «O Ivan é divertido, está sempre a rir, parece calmo, que tudo lhe corre bem…mas não é bem assim. Por fora tudo parece normal, mas por dentro destruído (…) Não deixamos de ser nós. Às vezes apenas tomamos decisões erradas por medo ou não fazemos as coisas certas por medo», relata.

Com esta confissão, Ivan pretende alertar a sociedade para esta doença «sem cura» que pode apenas «ser controlada». «uitas pessoas não têm noção do que é viver com medos. Não sabem o que é passar uma crise de ansiedade, porque se o passassem seriam os primeiros a entender o que significa compreensão para uma pessoa com ansiedade. Não imaginam que, quando uma pessoa aprende a controlar a ansiedade, essa pessoa é capaz de dar a volta ao mundo e quando se levanta, ela levanta-se com tudo de bom, porque esteve muito tempo a sofrer de algo que a limitava e assim que ela se quebra dos limites nada é impossível», remata.

Veja também:
Ivan quer desmascarar o casal Tiago e Carolina: «casalinho falso e ridículo»
BRONCA entre ex-Love On Top! 
Texto: Inês Borges/ Fotos: DR

PUB
Top