Ex-moranguita mostra filho EM MACA DE HOSPITAL: «Perdi o meu chão»!

A atriz Mafalda Rodiles viveu os «quatro piores dias» da sua vida com o filho internado. O bebé «perdeu peso» e estava «totalmente sem forças».

25 Abr 2019 | 19:10
-A +A

Mafalda Rodiles, de 36 anos, recorreu ao Instagram, esta quinta-feira, dia 25 de abril, para falar sobre um episódio delicado que viveu há precisamente um mês. O filho, Martim, com pouco mais de um ano, adoeceu e teve de ficar internado, para desespero da atriz. O cenário agravou-se e a artista chegou mesmo a pensar que o filho tinha de ser operado. No entanto, tal acabou por não acontecer.

«No dia 25 de março, Martim não dormiu durante toda a noite, chorava, mamava, tentava dormir, chorava de novo, vomitava, não conseguia dormir mais do que 40 minutos seguidos…  Fiquei acordada, com ele sentado no meu colo, toda a noite e de manhã cedo fomos para o hospital», começou por escrever como legenda de uma fotografia em que o bebé surge deitado numa maca de um hospital.

 

«Perdi o meu chão»

 

«Na minha cabeça, nunca pensei que ele iria ficar internado e, quando, três horas depois de esperarmos para ser atendidos, me disseram que isso aconteceria, perdi o meu chão… Martim, de um ano e três meses, com acesso na mão por onde durante quatro dias foi administrado soro. Foi-me dito que, em princípio, ele precisaria de cirurgia… mas felizmente esse pior cenário foi descartado 12 horas depois», continuou.

Entretanto, descobriu-se que se tratava de uma virose que fazia com que a criança vomitasse tudo o que comia. Perante tal situação, o bebé «perdeu peso, dormia a maior parte do tempo, totalmente sem forças».

 

«Essa mãozinha ficava quietinha do lado do corpo e dava muito dó»

 

Mafalda revelou que o filho «não tentou uma única vez tirar o soro da mão» e que ver a «mãozinha» dele, «quietinha ao lado do corpo», lhe «dava muito dó».

«Esses quatro dias pareceram uma nuvem que não passava. O tempo não passava, eu fiquei basicamente 96 horas fechada com o Martim, primeiro num quartinho gelado do CTI, porque o hospital estava lotado, e depois transferiram-nos para um quarto ‘normal’», lê-se.

 

Os piores 4 dias da vida de Mafalda Rodiles

 

A atriz, que vive no Brasil, garante que estes quatro dias foram os piores da sua vida. «Posso dizer que foram os piores 4 dias da minha vida. Ver o meu filho deitado naquele berço, onde eu dormi todas as noites encolhida com ele, e ter a minha filha em casa à minha espera, a chorar com saudades (ela nunca tinha dormido sem mim). O sentimento de impotência é algo arrasador», contou.

 

As suspeitas de pneumonia

 

Quando as coisas pareciam melhoras, eis que uma tosse fez temer o pior. «Todos os dias eu achava que nos iriam mandar para casa mas depois o Martim começou com uma tosse e não nos queriam deixar sair com suspeita de pneumonia… No domingo de manhã pedi alta e comprometi-me a continuar a medicação em casa, porque ele não precisava mais do soro», revelou.

 

«Os meus olhos encheram-se de lágrimas»

 

A tempestade parecia finalmente estar a passar. «Quando saí do hospital e respirei ar puro, os meus olhos encheram-se de lágrimas, uma vez mais… O Martim chegou a casa e voltou a comer e a sorrir. Gratidão a todos os que me ajudaram a passar por estes dias tão difíceis. Só hoje, um mês depois, consegui falar sobre isto. E falo para que todas as mães que têm os filhos internados se sintam abraçadas. Vai passar, vai dar tudo certo», rematou.

A atriz é casada com o realizador Edgar Miranda, com quem, além de Martim, tem outro rebento: Mel.

 

VEJA TAMBÉM:
Ex-moranguita CRITICA VÍCIO DAS REDES SOCIAIS: «não me encaixo neste mundo»
Ex-moraguinta CHOCA ao partilhar vídeo do parto!
Ex-moranguita sobre AGRESSOR: «Amava-o e vou continuar a amar»

 

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais | Fotografias: reprodução Instagram

PUB
Top