Ex-moranguito recorda cena de sexo com atriz mais velha: «Engoliu-me vivo»

Diogo Valsassina recordou a sua personagem de Tojó em Morangos Com Açúcar e revela que se sentiu incomodado ao fazer uma cena mais íntima com uma atriz mais experiente.

12 Fev 2020 | 19:30
-A +A

Tojó fica para sempre na memória de todos os que acompanharam a série juvenil Morangos Com Açúcar. Em conversa na rubrica Primeira Vez, na rádio MegaHitsDiogo Valsassina recorda a sua personagem nos Morangos… mas não pelos melhores motivos!

«A primeira Vez que te sentiste desconfortável num trabalho», pergunta uma das locutoras. «É um desconfortável q.b. Basicamente numa cena nos Morangos em que eu tinha para fazer uma cena numa biblioteca. Era um cena de ‘sexo’, entre aspas porque era um sonho, a minha personagem sonhava muito e acabava com ‘envolvem-se e percebem que vão fazer amor’, que é uma coisa que escrevem muito nas novelas», começa por dizer.

«O realizador era doido»

O namorado de Ana Guiomar confessa que na altura leu o guião e pensou que nãio passariam de uns amassos e uns «beijos mais quentes», no entanto o realizador pediu mais. «Basicamente o realizador, que era doido, decidiu que não era isso que queria fazer. Decidiu que queria que nós fizemos o amor pela biblioteca inteira. Ele usou expressões que eu não vou poder dizer aqui», refere.

O ator afirma que ficou «calado» e de «boca aberta» a olhar para aquilo. «O realizador disse: ‘eu quero que vocês comecem aqui na secretária, que dêem a volta ao decór todo e que acabem na secretária. Nos entretantos, mandem tudo abaixo’», recorda.

«Senti-me um bocadinho usado»

O ex-moranguito tentou acatar as ordens do técnico, mas ao ouvir a palavra ‘ação’ ficou muito atrapalhado. «Era a primeira cena do género que ia fazer e a pessoa com quem estava era uma atriz mais velha. Eu tinha 18 e ela quase 30», diz, explicando que estava a contracenar com uma atriz «mais experiente», que fazia de bibliotecária.

«Ela engoliu-me vivo (…) eu ia encostado às paredes e ficava tipo ‘ok’, dava voltas e pegava… agarrava em mim e levava-me de um lado para o outro. Quando aquilo acabou, senti-me um bocadinho desconfortável, quiçá até um bocadinho usado (…) Não sabia bem como reagir a esta situação de ter sido comido-vivo», refere.

Recorde uma das cenas de Tojó nos Morangos!

Texto: Inês Borges/ Fotos: DR e Arquivo Impala

Veja também:
Vanessa Martins manda alfinetada a ex-colega de Morangos com Açúcar: «Não dialogávamos»
Fail! Filomena Cautela desvenda erro em Morangos Com Açúcar (16 anos depois)
Diogo Valsassina quer ter um filho músico

 

PUB
Top