EXCLUSIVO! Diogo Piçarra sobre o polémico Festival da Canção: «Não me arrependo de nada»

Um ano depois de se ter afastado do concurso da RTP, Diogo Piçarra garante à TV 7 Dias ter aprendido «imenso» com esta experiência. E fecha as portas a possíveis futuras participações.

19 Abr 2019 | 9:45
-A +A

Diogo Piçarra tinha tudo para vencer a edição do ano passado do Festival da Canção, ou não tivesse ele sido o preferido do público e do júri, presidido por Júlio Isidro, na sua semifinal. Todavia, nas redes sociais, surgiram comparações evidentes entre o tema com o qual o cantor concorria, Canção do Fim, e um cântico da Igreja Universal do Reino de Deus assombraram a sua participação.

Diogo Piçarra acabou por abandonar o histórico certame de música organizado pela RTP. «Não pretendo alimentar mais esta nuvem. Tudo isto que se criou em torno da minha participação já não é Música», escreveu, na altura, o músico, que se dizia de «consciência tranquila e cabeça erguida».

 

 

Um ano depois, e com Conan Osíris a caminho de Telavive, Israel, para representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, Diogo Piçarra revela, em exclusivo, à TV 7 Dias, que «não» voltará a participar no concurso. «Desde o primeiro momento, pensei que seria apenas uma vez que eu participaria. Correu como correu. Não fico triste, nem contente. A experiência deu para aprender», afirma o algarvio, de 28 anos.

Diogo Piçarra garante que não é a polémica que se instaurou em redor da sua participação que o faz pensar assim. «Se tivesse seguido em frente, acho que era igual, que seria apenas uma vez que concorreria», defende.

 

«Orgulho-me de tudo o que fiz até hoje»

 

Com a sua participação, o músico assegura ter aprendido «imenso». E «em aspetos não só musicais»: «Tentei sair da minha zona de conforto e aprendi o lado negativo disso. Aprendi o lado negativo de sair da minha zona de conforto, o lado negativo da exposição que o festival dá… O lado positivo foi, sem dúvida, o apoio que tive de todos os portugueses que queriam que eu ganhasse e representasse Portugal» na Eurovisão.

Um ano volvido sobre este episódio marcante, apaga-se da memória a sua participação no festival ou mantém-se o orgulho da mesma? Diogo Piçarra é perentónio na resposta: «Orgulho-me de tudo o que fiz até hoje e não me arrependo de nada. Se participei, foi por algum motivo, nem que seja ter visibilidade ou apoio.»

 

VEJA TAMBÉM:
O que diz Piçarra sobre Conan na Eurovisão? NÓS PERGUNTÁMOS E ELE RESPONDEU!
Conan Osíris revela bullying na adolescência: «FAZIAM-ME TUDO»
De cantor a designer: Conan Osíris ESTREIA-SE NA MODA!
Namorada de Diogo Piçarra ATIRA FARPA: «Que te tragam maturidade»

 

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top