“Exijo saber”. Tony Carreira arrasa Justiça por atrasos na investigação da morte da filha

Tony Carreira marcou presença no programa “Dois às 10” e voltou a falar do processo que investiga o acidente de automóvel que vitimou Sara Carreira.

04 Jul 2022 | 15:50
-A +A

Tony Carreira esteve no programa “Dois às 10”, da TVI, na manhã desta segunda-feira, 4 de julho. O cantor foi apresentar o seu mais recente single, “Lisboa”, e acabou por falar também sobre o processo que investiga a morte da filha, Sara Carreira, vítima de um acidente de viação a 5 de dezembro de 2020.

“A nossa justiça também é a miséria que é. Por exemplo, estou há dois anos a tentar saber o que aconteceu à minha filha. Portanto, a nossa justiça é isto”, disse, levando Cláudio Ramos a questionar: “Como é que tu vives estes dois anos à espera que alguém te dê uma resposta?”

Atualmente, muito mal, porque é uma guerra interna entre a Procuradora e a Juíza em que elas não estão de acordo, mas, não estando de acordo, está aqui um pai que não sabe ainda o que aconteceu. Eu cruzo-me com pessoas que me dizem que estão há dez anos com esta situação. E a nossa justiça é isto. Eu pergunto se a própria justiça acha que isto é normal”, afirmou Tony Carreira, acrescentando ainda: “A única coisa que eu quero saber, não quero culpados não quero nada, a única coisa que eu quero saber e exijo saber, como pai, é o que aconteceu. Porque culpar alguém, para mim, já não resolve absolutamente nada”.

Em abril, o Correio da Manhã avançou que o processo que investiga a morte de Sara Carreira estava parado e a aguardar uma decisão dos juízes desembargadores do Tribunal da Relação de Lisboa. A notícia referia que a juíza de instrução criminal do Tribunal de Santarém declarou a acusação nula e a procuradora do Ministério Público recusa-se a reformular o documento. Por isso, para obter respostas e, finalmente conseguir saber o que aconteceu no dia do trágico acidente que matou a filha na A1, Tony Carreira pode ter de esperar vários meses.

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Reprodução redes sociais

PUB