EXPLOSÃO DE BOMBA marca estreia de Prisioneira! Saiba tudo

Saiba tudo sobre os principais acontecimentos do primeiro episódio da novela da TVI Prisioneira, cuja exibição está marcada para a noite desta terça-feira.

21 Mai 2019 | 13:35
-A +A

Há 8 anos estávamos em Al Aradi, a capital de um país no norte de África. Teresa (Joana Ribeiro) e Gustavo (Thiago Rodrigues) saem do hotel com os respetivos trolleys quando se deparam com uma manifestação.

Teresa cruza o olhar com um dos manifestantes, Omar (Carloto Cotta). Voltamos ao presente e a Lisboa. Fredy (Lourenço Ortigão), Glória (Kelly Bailey), Adão e Leandro assaltam uma bomba de gasolina e festejam o feito à chegada da oficina de Fredy. Diogo (Paulo Pires) chega ao escritório de Margarida (Paula Lobo Antunes) e mostra os processos de Teresa, Omar, Khalef e Al-Husayni e pede-lhe para conseguir mandados para os colocar sob escuta.

Al-Husayni chega a uma cave com os bidões roubados por Fredy e vemos Gamal rodeado de material para fabricar bombas. A casa de Teresa está caótica e com vários objetos derrubados. Lídia (Joana Seixas) visita Teresa, e esta diz à mãe que Alexandre lhe bateu e Lídia assente que ela devia ficar do lado do marido.

 

Teresa decide viajar

 

Diogo e os inspetores invadem a cave de Al-Husayni, mas este já não está lá, e Margarida pede a Diogo para não perder Omar e Teresa de vista, dado que as escutas foram autorizadas. Teresa escreve uma carta e recorda o seu passado com Omar, pega na sua mala de viagem e sai de casa.

Graça acusa Alexandre de maltratar Teresa e Lídia chateia-se com a amiga. Gonçalo e Tomé (Tiago Teotónio Pereira) despedem-se da mãe e antes de irem para o aeroporto, vão até um bairro degradado para Gonçalo pagar uma dívida de droga, mas o mafioso diz que aquele dinheiro não chega e fica-lhe com a mota, como garantia.

 

Veja todas as fotografias na galeria!

 

Teresa vai visitar o pai à penitenciária e Vítor (Diogo Infante) diz-lhe que vai sair em breve, e ela conta que decidiu ir para fora por uns tempos. Na oficina, Fredy e Glória estão a fumar um charro, quando chega o mafioso e tenta vender a mota de Gonçalo.

Na sala de operações da PJ, Diogo mostra o horário dos comboios que foi encontrado na casa de Al- Husayni e confirma que ele esteve a fabricar uma bomba. Tavares lembra-se que o presidente vai fazer uma viagem de comboio e todos ficam a pensar que o alvo é a estação de Santa Apolónia.

Teresa conduz e recorda Alexandre a acusá-la de ter um amante e a bater-lhe. Para o carro, Omar entra e beijam-se. Diogo, Tavares e Margarida veem a localização de GPS de Teresa, e Diogo assente que eles se dirigem para a estação.

 

Ameaça de bomba

 

Mega-operação em Santa Apolónia, Diogo chega e Chaves diz-lhe que encontraram uma mochila. Um repórter dá a notícia da ameaça de bomba e Tavares anui que Margarida devia estar afastada daquele caso, por estar a trabalhar com o ex-marido. Fredy está de volta da mota de Gonçalo, quando Glória entra em pânico, e percebem que foi Al-Husayni que fabricou a bomba das notícias.

Fredy quer ir a uma cabine ligar à polícia, mas aparece Leandro com Gamal, que lhe aponta uma arma à cabeça. Um operacional da brigada de minas e armadilhas abre a mochila, e constata que apenas contém material escolar. Teresa e Omar tomam café no aeroporto e ela está visivelmente nervosa.

Margarida e Tavares estranham que Omar e Teresa estejam no aeroporto e um elemento da PJ conta que ouve uma denúncia, onde falavam da bomba. Gamal obriga Glória a transportar a bomba para o local escolhido, sob ameaça de Fredy morrer.

Glória entra no aeroporto com uma mochila e segue as indicações de Gamal. Diogo dirige-se à pessoa que fez a denúncia e fica a saber o que está a acontecer na oficina de Fredy. Teresa e Omar levantam-se do café e dirigem-se às portas de embarque. Glória fecha-se na casa de banho desesperada.

Diogo arromba a porta de casa de Fredy e Gamal dá um tiro na cabeça, e Fredy informa a policia judiciária que a bomba está no aeroporto. Glória dirige-se para a saída e grita que está uma bomba na casa de banho, o pânico instala-se no aeroporto e dá-se uma violenta explosão.

 

Texto e fotografias: TVI

PUB
Top