Família de jovem de 14 anos morto ficou a saber pela TV que este tinha contraído covid-19

A família de Vítor Godinho, o jovem de 14 anos que, alegadamente, morreu vítima de covid-19, nem sequer sabia que o teste tinha dado positivo. Revelamos-lhe a verdadeira causa da morte!

31 Mar 2020 | 18:50
-A +A

Vítor Godinho encheu páginas de todos os sites e jornais como sendo a vítima mais jovem do novo coronavírus. No entanto, sabe-se agora, que o rapaz de 14 anos, que morreu no passado domingo, 29 de março, no Hospital S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, não sucumbiu à Covid-19.

A denúncia foi feita pela irmã do jovem, Katia, em entrevista à rádio local AVfm, que confirma que Vítor tinha «dores musculares», «muito frio» e «39,1 graus de febre», mas nunca apresentou tosse ou falta de ar. A mãe acabou por o levar para aquela unidade de saúde, onde ficou internado, e nunca, diz, o novo coronavírus foi mencionado como causa destes sintomas.

«Uma médica disse à minha mãe que o Vítor estava muito mal (…). Disseram que era o víus de meningite, que ele estava mal e em risco. A minha mãe perguntou se não podia ser coronavirus. A médica disse que já tinha feito teste, que estavam a aguardar a resposta», começa por contar a irmã do rapaz.

Horas depois, a mãe de Vítor recebeu nova informação: o teste feito ao filho «não era» para a Covid-19. «Disseram que o que ele tinha era meningite e mais nada», sublinhou.

Vítor acabaria por morrer depois de não ter respondido aos tratamentos. Nem mesmo nesta altura, refere Katia, informaram a família que a morte do jovem tivesse algo a ver com a pandemia.

 

«Foi chocante»

Foi através de uma prima que souberem que Vítor estava «nas notícias». «Reparámos no título ‘Jovem de 14 anos morre de coronavírus’ e… foi chocante. (…) O hospital tinha-nos dito uma coisa e o Jornal de Notícias [que deu a notícia em primeira mão] estava a dar outra. (…) Ainda por cima aparecia uma imagem do meu irmão», lamenta.

A família de Vítor pediu explicações ao Hospital S. Sebastião, que contou, apenas, que não lançaram qualquer informação para a comunicação social.

A família estará, por estes dias, a ser vigiada. «Pediram-nos os nossos documentos para irmos fazer os testes. O presidente da Junta de Freguesia pediu ao meu pai para dizer às pessoas com quem estivemos em contacto para se deixarem ficar em casa, para o caso de o meu irmão ter morrido por causa do coronavírus e ninguém nos ter dito nada», assegura Katia.

 

Causa de morte foi meningite

No domingo passado, Graça Freitas tinha revelado que o teste feito ao jovem de 14 anos deu «Covid positivo, mas «a sintomatologia com que foi admitido» nas urgências hospitalares poderia «indiciar outro tipo de patologia». «Tem Covid, o que não impede de não ter outras situações graves e infecciosas que estão a ser investigadas», afirmou a diretora-geral da Saúde.

Na verdade, Vítor Godinho terá morrido, realmente, de meningite, como lhe foi diagnosticado inicialmente. Terá sido uma familiar a confirmar o resultado da autópsia ao JN.

Veja a entrevista:

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: DR

 

Leia ainda:
Professora de jovem vítima do coronavírus faz homenagem: «O mundo levou-te para longe»
Coronavírus: 7443 infetados e 160 vítimas mortais em Portugal

 

ATENÇÃO!

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. Não tem conta PayPal? Não há problema! Pode pagar através de transferência bancária!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top