Família de Liliana Filipa luta por justiça

Após o assassinato protagonizado pelo do avô da jovem, a família tem de pagar uma elevada quantia aos lesados.

10 Out 2017 | 21:29
-A +A

Há cerca de dois anos, Liliana Filipa foi fortemente criticada por causa de um crime cometido pelo seu avô Rogério Coelho, na Quinta do Conde. O parente da jovem, de 77 anos, matou três pessoas, um GNR, um PSP e o filho deste, e em causa estava um desentendimento com um cão.

Rogério Coelho acabou por morrer na prisão, antes de ser condenado, mas a família dos lesados ainda continua a lutar pela justiça. Agora, o Tribunal de Setúbal alega que a família da jovem tem de pagar cerca de 300 mil euros aos pais do homem GNR.

Segundo o Correio da Manhã, a quantia pedida pela família do guarda nacional republicano era bastante mais elevada, mas os parentes de Liliana Filipa não aceitaram, tendo mesmo oferecido a entrega da moradia onde aconteceu o homicídio como perdão pelos inconvenientes criados.

Liliana Filipa, que nada tem que ver com as atitudes do avô, tem visto a sua vida manchada pelo triplo assassinato. A família da jovem bailarina detém ainda várias propriedades em Setúbal.

Contactada pela TV7Dias, a ex-concorrente da “Casa dos Segredos” não quis falar sobre o assunto alegando nada ter a ver com o mesmo. 

“Não quero falar. Não tenho nada a ver com isso”, disse. 

Veja também: 

 

 

PUB
Top