«Cambada de ignorantes». Famosos arrasam TVI após reportagem sobre Norte de Portugal

Cláudio Coelho, Eduardo Madeira, Carlos Costa e Tiago Rufino reagiram à nota deixada em rodapé pela TVI, quanto à «população menos educada, mais pobre, envelhecida e concentrada em lares» do Norte.

15 Abr 2020 | 22:20
-A +A

Cláudio Coelho, Eduardo Madeira, Bruno Alves, Carlos Costa e Tiago Rufino foram algumas das figuras públicas a reagir à frase que surgiu em rodapé na TVI, a respeito do Norte do País, como sendo o «mais castigado» pelo novo coronavírus, como consequência de uma «população menos educada, mais pobre, envelhecida e concentrada em lares».

Esta afirmação não foi bem aceite aos olhos de alguns nortenhos, e não só, que depressa reagiram ao sucedido.

 

«O problema não é a educação, mas a necessidade»

Cláudio Coelho intitulou-se de «parolo não educado» para referir que «o problema não é a educação, mas a necessidade». Para o ex-concorrente do Love On Top é importante perceber que o facto de existirem ligações entre o Norte do País «com a Itália industrial, nomeadamente no sector têxtil», «terá sido um canal primordial para a propagação do vírus» naquela zona.

O nortenho criticou ainda a forma pouco consciente com que o tema foi abordado, criticando algumas atitudes erradas de muitos lisboetas. «Podiam explicar tudo de uma forma mais consciente, mas como ainda devem estar na fila para as praias da Caparica, não tiveram tempo para criar um quadro menos consentâneo. Não foram comprados pela cofina, mas nota-se que estavam preparados para tal», atacou.

 

«Cambada de ignorantes»

Também Bruno Alves quis deixar uma palavra, começando por referir ter «muito orgulho em ser do Norte» e destacando, tal como Cláudio, «as grandes fábricas têxteis que existem no norte» sendo, por aí, que a propagação muitas vezes começa.

«Essa população envelhecida? É a população que lutou pelo que nos está a faltar neste momento: liberdade. Só isso, cambada de ignorantes», referiu.

Mais tarde, depois de feito o pedido de desculpas por parte da TVI à zona Norte do País e do pivô José Alberto Carvalho ter referido que «não é bonito ironizar sobre os erros dos outros» – quanto à postura assumida pelos nortenhos -, o ex-concorrente de Love On Top voltou a criticar.

«Se tivéssemos todos juntos, nunca na vida existia aquela frase medíocre de ontem. Ninguém ironizou, simplesmente, no Norte, as pessoas defendem a cidade com unhas e dentes. Coisa que tu não esperavas se calhar. Um bem haja para ti, e cuida de ti e dos teus quer sejam ricos, pobres, bem educados, mal educados, velhos, novos = a seres humanos. E humildade, acima de tudo, é o que não deve faltar», afirmou.

 

«O Norte é tudo para mim»

Carlos Costa fez referência ao silêncio e às palavras erradas que «podem reproduzir um eco sem precedentes e deixar sem trabalho gente que nem abriu a boca para falar».

«Gostava de deixar aqui bem assente que amo muitos profissionais de TV e sei o amor que se nutre pelo Norte, em Lisboa. Amamos o Norte. O Norte é tudo para mim. Vida, memória, verdade! O resto é eco», contou.

 

«TVI, uma cambada de hipócritas, populistas e filhos da p***»

Ao mesmo tempo, João Pedro, ex-concorrente de Love On Top, também não quis deixar de lado a sua opinião e, recorrendo, a alguns palavrões revelou o seu ponto de vista. «TVI, uma cambada de hipócritas, populistas e filhos da p***. Afinal até têm razão, a malta do norte é mesmo menos educada… mas somos verdadeiros c******. Enquanto olharem a dígitos, serão sempre pobres», escreveu num instastory.

 

 

«Que chorrilho de asneiras»

Também o humorista Eduardo Madeira recorreu às redes sociais para mostrar a sua indignação perante a informação do rodapé e não poupou nas palavras.

«Da longa lista de disparates que se vai vendo aqui e ali este entra para o top, ultrapassando as fake news da SIC (pelas quais pediu prontamente desculpa). Segundo um especialista, o Norte está a ser mais fustigado por ser menos educado, mais pobre, mais envelhecido e concentrado em lares. Que chorrilho de asneiras. Alguém deve, também neste caso, pedir perdão. E já! Lamentável e inconcebível», podia ler-se na publicação do humorista.

Depois, o humorista acabou por brincar com a situação e partilhou uma imagem que refere «alterações para acalmar a coisa». «A malta do norte só aceita o pedido de desculpas da TVI se mudarem o nome para TBI», pode ler-se.

«A TVI pediu desculpa. Foi um engano. Errar é humano. Agora, não sei se não vão ter de fazer umas alterações para acalmar a coisa…», brincou.

 

«A malta do norte só aceita o pedido de desculpas da TVI se mudarem o nome para TBI»

 

Por fim, Tiago Rufino partilhou nas redes sociais uma imagem, à semelhança de Eduardo Madeira, em que “gozou” com o pedido de desculpas feito pelo canal de Queluz de Baixo. «A malta do norte só aceita o pedido de desculpas da TVI se mudarem o nome para TBI. TBI, Juntos criamos a sua telebisão», brincou.

Veja na nossa galeria as mensagens deixadas por estas figuras públicas!

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
«População menos educada»: Rui Moreira defende o Norte e ataca TVI por peça polémica
TVI pede desculpa à Região Norte pela «frase infeliz no ecrã» no Jornal das 8

 

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 – Escolha a sua revista

3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

 

PUB
Top