Fanny não contém as lágrimas no Extra do “Big Brother” e desaba em direto

Fanny emocionou-se quando o assunto foi o “personagem” Big Brother e recordou os tempos em que lidou com ele diariamente, como a Voz da Casa dos Segredos. “Estou apaixonada por ele desde 2011”, diz.

13 Nov 2020 | 15:30
-A +A

Fanny protagonizou um momento de verdadeira emoção no Extra do “Big Brother” desta quinta-feira, 12 de novembro. Os comentadores do reality show da TVI falam sobre o que acontece na casa mais vigiada do País quando Marta Cardoso resolveu dar desta à “grande estrela”: o Big Brother.

“Eu tenho aqui que dizer, sem dúvida nenhuma, que a grande estrela – não tirando mérito a nenhum dos concorrentes -, é o dono desta voz, deste Big Brother. É super completo em tudo: tem piada, é sensato, tem paciência, tem uma voz maravilhosa, temos aqui um profissional que eu nunca vi em televisão. Não vi um profissional com tanta paciência, tanto estofo, e, realmente, é esta estrela que depois conduz e guia todas as estrelas que estão dentro da casa”, refere a comentadora e também ela ex-concorrente do “Big Brother”.

Chegada a vez de Fanny falar, a “belle portugaise” expressou a sua opinião sobre o Big Brother visivelmente emocionada. “Este homem para mim é perfeito, eu sou suspeita. Estou apaixonada por ele desde 2011”, confidencia.

 

“É possível apaixonarmo-nos pela pessoa e não pelo seu físico”

Pedro Crispim acabou por também dar a sua palavra, para falar do “amor” que os ex-concorrentes dizem nutrir pelo Big Brother e a Voz da Casa dos Segredos, papel assumido pela mesma pessoa, como Fanny tinha acabado de referir.

“A Fanny só veio sublinhar uma coisa que as pessoas, lá em casa, muitas sabem outras não saberão que é: nós podemos nos apaixonar por muito além do físico. O que estamos aqui a falar é de uma pessoa que não sabemos quem é a imagem, não calculamos, podemos tentar criar aqui uma figura pela sua voz, pelo tom, pelo timbre, pela assertividade, mas na realidade é tudo um sonho, é tudo hipotético. E é possível apaixonarmo-nos pela pessoa e não pelo seu físico”, refere o stylist.

Fanny acrescenta ainda que o Big Brother “é meigo, é inteligente, é psicólogo, é amigo, puxa-te as orelhas quando tem que puxar”. O tema acabou por criar alguma nostalgia à ex-concorrente da “Casa dos Segredos”, que acabou por não conter as lágrimas.

Maria Botelho Moniz referiu que Fanny estava nostálgica, sem se aperceber que a jovem estava prestes a chorar, e a nortenha não aguentou a emoção. “Eu a tentar engolir as lágrimas. É um amor inexplicável”, revela a “belle portugaise”.

A apresentadora acabou por referir que o Big Brother “é como um pai lá dentro”, e Fanny esclareceu ser “mais que isso”. “É incrível mesmo, juro-te”, termina.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Crispim e Fanny “pegam-se” no Extra: “A tua ignorância é a de muitos portugueses”
Pedro Crispim arrasa Fanny Rodrigues em direto: «Gordurosa, sem noção»

PUB
Top