Fanny Rodrigues entra para a história: É a primeira portuguesa a ser cara de slot machine

Fanny Rodrigues é “a primeira mulher portuguesa a ser a cara de uma slot machine”. Realizada a nível profissional, a repórter do “Somos Portugal” tem agora novos motivos para sorrir.

14 Out 2021 | 23:04
-A +A

Fanny Rodrigues tem razões para sorrir. Realizada a nível profissional, com a apresentação do “Somos Portugal”, aos domingos, na TVI, a ex-concorrente da “Casa dos Segredos” festeja agora um novo desafio: é o rosto de uma slot machine no jogo de caça-níqueis “Fanny Rodrigues Golden Throne”, da MGA Games.

“São várias as coisas que vão acontecendo na minha vida de forma inesperada e ser a cara de uma slot é exemplo disso. Fui desafiada a ser a primeira mulher portuguesa a ser a cara de uma slot machine e olhem… aqui está!”, afirmou Fanny num vídeo que partilhou nas redes sociais, mostrando-se bastante orgulhosa. “Já me ri muito e adorei o resultado final. Será que a minha cara dá bónus?”, brincou.

 

 

Fanny Rodrigues: “Acho que falo simples”

 

Recentemente, a apresentadora do “Somos Portugal” foi questionada sobre o seu sotaque. Natural de Oliveira de Azeméis, Fanny tem uma pronúncia do Norte bem acentuada, que, aliás, é uma das suas imagens de marca. “Já pensaste ter aulas de dicção por seres atacada devido a isso e ao teu vocabulário?”, perguntou-lhe um seguidor.

A ex-concorrente da “Casa dos Segredos” não fugiu à questão e foi direta. “Sinceramente, o meu sotaque não me incomoda! Temos a sorte de viver num país que é rico em cultura, em sotaques! Cada zona tem a sua ‘melodia’ e é isso que nos torna tão especiais e diferentes!”, afirmou Fanny Rodrigues, sem papas na língua, acrescentando: “E muito honestamente, se fôssemos todos iguais, éramos cereais! O meu vocabulário não é igual ao de muita gente, é verdade. Mas acho que falo simples”.

 

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top