Fátima Campos Ferreira escondeu cancro até neto nascer

Fátima Campos Ferreira fala sobre a doença, diagnosticada em 2016, e da forma como preferiu esconder da família até um dos netos nascer.

26 Ago 2019 | 17:10
-A +A

Fátima Campos Ferreira foi diagnosticada com cancro da mama em 2016. A jornalista da RTP1, que nos últimos 17 anos é rosto de Prós e Contras, remeteu-se praticamente ao silêncio. Contou aos familiares e amigos mais próximos e à Direção de Informação do canal público, mas não de imediato.

«Fui operada durante as minhas férias [de verão desse ano] por causa do programa», afirmou esta segunda-feira, 26 de agosto, a comunicadora, de 61 anos, n’O Programa da Cristina, da SIC. «O cancro foi-me diagnosticado em final de maio. Eu fui operada a 18 de julho», elucidou, adiantando que o facto de ter escondido a doença lhe permitiu continuar, até àquela data, a conduzir as emissões semanas do formato de debate semanal.

Além disso, contou ainda, optou também por esperar que o neto nascesse, no dia 12 do mesmo mês, para só depois contar à filha.

A doença – notícia avançada pela revista Nova Gente – coincidiu com a morte dos pais da jornalista. «Atravessei uma pequena depressão porque foi muita coisa junta», confessou também Fátima Campos Ferreira.

 

Prós e Contras regressa em outubro

 

Três anos depois, a jornalista da estação pública faz hormonoterapia e encara essa fase da sua vida como uma «experiência» que deixou «maleitas» e a vontade de «aproveitar cada vez mais o que interessa». «A vida permanece enquanto cá estamos. Estes episódios fazem parte… Qual de nós vai cá ficar? A imortalidade não é verdadeira e temos de aceitar estas experiências», disse.

Fátima Campos Ferreira anunciou ainda que o programa Prós e Contras está de regresso à antena da RTP1 em outubro próximo.

 

Veja ainda:
Cláudio Ramos ataca Fátima Campos Ferreira
A EMOCIONANTE despedida a Helena Ramos
Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top