Fernanda Serrano e Pedro Miguel Ramos: um fim há muito anunciado

A dois meses de completarem 15 anos de casamento, Fernanda Serrano e Pedro Miguel Ramos decidem colocar um ponto final na união. No entanto, os rumores de crise começaram muito antes.

05 Jun 2019 | 20:55
-A +A

Fernanda Serrano completa 46 anos a 15 de novembro. Cinco meses antes do seu aniversário, a atriz anuncia o que há muito se esperava. O fim do casamento de quase 15 anos com o empresário Pedro Miguel Ramos.

Premonitório, Cláudio Ramos anunciou no final de abril no Passadeira Vermelha que, em breve, iria tornar-se pública uma separação que chocaria os portugueses. Mas, fazendo um exercício de memória, o anúncio do divórcio de Fernanda e Pedro é tudo menos um escândalo. É, sim, expectável. Mas vamos começar por onde começam todas as histórias de amor…

 

No princípio era o amo.te

 

2003. Fernanda Serrano é uma das estrelas em ascensão da TVI. Protagonista de novelas, de capas de revista, a atriz começa discretamente a namorar com Pedro Miguel Ramos, na altura repórter do Big Brother.

Ao contrário das anteriores relações de ambos, muito mediáticas (ela com Filipe Terruta, ele com Bárbara Guimarães, com quem chegou a casar-se em Punta Cana), esta relação foi praticamente mantida em segredo. Em 2004, pouco tempo antes de darem o nó, Pedro e Fernanda começavam a surgir juntos em público. E o impacto era ainda maior quando se tratavam de eventos organizados pelo empresário, na altura fundador do grupo amo.te.

Em entrevista à Nova Gente nesse ano, Fernanda Serrano afirmava. «As mulheres são muito mais lutadoras. Os homens desistem facilmente. Nós somos mais corajosas, temos mais força, somos persistentes e muitas vezes conseguimos aquilo que queremos». 

 

Casamento e tragédia

 

A 28 de agosto de 2004, Pedro e Fernanda davam o nó numa cerimónia à porta fechada na quinta dos pais do empresário. O enlace, cujo registo fotográfico foi exclusivo de uma publicação semanal, foi um dos eventos do ano, com direito a emissões em direto na TVI. 

Na altura, Fernanda estava no auge da sua carreira e era uma das atrizes mais prestigiadas da televisão portuguesa. Foi precisamente nesse ano que, na ficção, Serrano protagonizou um papel premonitório: Mónica, da novela Queridas Feras. Uma das cenas mais marcantes da ficção nacional é precisamente o momento em que Mónica rapa o cabelo, depois de saber que tem cancro. 

Apenas uma semana depois da festa, acontece a tragédia. Os pais de Pedro Miguel Ramos sofrem um acidente de viação. José Miguel Ramos morreu e a mãe do empresário nunca recuperaria por completo. Fátima morreu em março deste ano. O último registo fotográfico, um exclusivo TV 7 Dias, do casal aconteceu precisamente no funeral da mãe de Pedro Miguel Ramos (veja a foto na galeria).

Os filhos e o cancro

 

Filha única, Fernanda Serrano nunca escondeu o desejo de constituir família. O primogénito do casal, Santiago, nasceu em março de 2005. Em dezembro de 2007, nascia a segunda filha, Laura.

O conto de fadas que o casal vivia publicamente voltava a ser afetado pela dor. Em 2008, ano em que completou 35 anos, e depois de duas gravidezes, Fernanda Serrano confirmava em conferência de imprensa que estava a lutar contra um cancro da mama.  Em junho de 2009, nasce a terceira filha, Maria Luísa. Uma gravidez que surgiu de forma inesperada, ainda a atriz estava a recuperar do cancro.

 

Os problemas dos negócios e os primeiros rumores

No início da década de 2000, Pedro Miguel Ramos era um dos mais badalados empresários da área da restauração. O extinto grupo amo.te chegou a ter 12 espaços de norte a sul do país. Em 2014 tinham fechado todos.

E é precisamente nesse ano, num país mergulhado numa profunda crise económica, que surgem os primeiros rumores de que o casamento de Fernanda e Pedro não estava bem de saúde. Estas notícias surgem acoplados aos problemas financeiros do empresário. Nos anos seguintes, o estado da relação foi, amiúde, notícia.

 

A quarta gravidez e o princípio do fim

 

Em fevereiro de 2015, aos 41 anos, Fernanda Serrano anunciava a quarta gravidez. «Esta gravidez foi uma boa surpresa da vida», dizia na altura à Nova Gente. Caetana, a benjamim da família, nascia em julho.

Em 2017, os rumores de que o casamento estava a passar por uma fase menos boa adensam-se e Fernanda Serrano começa a aparecer em eventos públicos sem aliança. É noticiado que a atriz e o empresário já fazem vidas separadas. Em maio, a atriz desmentia a crise no casamento. «Temos uma vida feliz e os nossos filhos são felizes», dizia na altura.

A última aparição pública do casal acontece em outubro de 2018, na estreia da peça Os Vizinhos de Cima, no Teatro Villaret. Antes disso, o casal tinha estado na gala dos Prémios de Televisão, do grupo Impala, em junho. A 29 de maio deste ano, Fernanda Serrano lançava o livro Viva a Vida… sem a presença de Pedro Miguel Ramos. A atriz justificava a ausência do marido por este estar com os quatro filhos.

Nos agradecimentos do livro, Fernanda faz referência ao marido. «O Pedro deu-me os quatro mais preciosos tesouros». Uma semana depois, a atriz anunciava o divórcio. Leia aqui o comunicado na íntegra.

 

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top