Fernanda Serrano revela motivo do divórcio com Pedro Miguel Ramos

Fernanda Serrano irá lançar o seu livro Não Há Vidas Perfeitas no dia 14 de novembro. A obra trata-se de uma autobiografia onde a atriz garante ser “sem filtros”.

08 Nov 2023 | 10:48
-A +A

Fernanda Serrano irá lançar o seu livro Não Há Vidas Perfeitas no dia 14 de novembro. A obra trata-se de uma autobiografia onde a atriz garante ser “sem filtros”. Ao longo do livro, a artista chega mesmo a revelar os motivos para o divórcio de Pedro Miguel Ramos.

Leia ainda: Fernanda Serrano e como Pedro Miguel Ramos foi a sua melhor conquista este ano

“Tínhamos ideias muito idênticas em relação àquilo que representava construir e fazer funcionar uma família, pelo menos em termos de responsabilidades. Pareceu-me alguém que tinha os mesmos valores do que eu”, afirmou Fernanda Serrano. Importa referir que a atriz e Pedro Miguel Ramos anunciaram o divórcio em 2019, ao fim de 15 anos de casamento. “Investi tudo nessa relação, nesses 15 anos”, escreveu a artista.

Pedro Miguel Ramos não se queria separar de Fernanda Serrano

A atriz contou ainda que houve uma “dissociação de ideias”: “A determinada altura, houve uma dissociação de ideias, digamos assim. Uma desilusão grande que não culminou imediatamente numa rutura. Mas, como se costuma dizer, houve um dia em que me caiu a ficha”. “Houve uma desilusão maior, que, a juntar a outras menos significantes, me levou a colocar um ponto final na relação. Foi a gota d’água que fez transbordar o copo”.  Além disso, Fernanda revelou que Pedro Miguel Ramos não se queria separar: “Foi aos 40 anos que tive a primeira conversa sobre divórcio com o meu ex-marido. Uma conversa difícil em que disse o que pensava da nossa relação e que foi mal recebida pela outra parte”, confidencia ainda. Contudo, a atriz faz uma ressalva: “Não estou a dizer que só o outro lado errou. Errámos, seguramente, muitas vezes os dois.”

Texto: Sofia Mendes
Fotos: Redes sociais
PUB