Fernando Mendes na TVI? «É para aí a quinta vez que insistem»

Fernando Mendes coloca fim às dúvidas e garante que continuará na RTP a fazer O Preço Certo. O apresentador assume mesmo que não se vê a fazer outro formato que não aquele que apresenta há 16 anos.

19 Set 2019 | 19:10
-A +A

Com o contrato com a RTP a terminar no final deste ano, Fernando Mendes coloca fim às dúvidas que ainda persistem. O apresentador está de pedra e cal na estação pública.

«Fui convidado, agradeço o convite, é sinal que me reconhecem qualquer coisa, mas onde me sinto bem é a fazer O Preço Certo», disse Fernando Mendes, na apresentação da nova grelha da RTP, voltando a assumir os convites feitos pela TVI.

O profissional reconhece até que seria um erro deixar um formato ganhador para embarcar numa nova aventura no canal de Queluz de Baixo. «Seria uma asneira da minha parte fazer outra coisa, tendo já um produto mais que formado. Tenho de ter respeito pelo público que me acompanha há já 16 anos. Por ele, pelos meus colegas e pelo que gosto de fazer continuo em O Preço Certo, num canal onde sou respeitado. Também não poderia ser de outra forma, porque eu não chateio muito», afirmou.

Falando da abordagem da TVI, Fernando Mendes revela que Felipa Garnel, diretora de programas do canal e que entrou em funções no dia 5 de agosto, também o contactou. «É para aí a quinta vez que insistem. Primeiro, foi o Moniz, depois o Cunha Velha, o Lima [Bruno Santos], a Rosa [Cullel] e, agora, a Garnel. Vamos ver quem é para o ano», brincou, acrescentando: «A SIC ainda não, mas pode ser que telefonem».

Na apresentação da nova grelha da RTP1, que aconteceu esta quinta-feira, 19 de setembro, Fernando Mendes subiu ao palco e foi taxativo: «O Preço Certo vai ser o programa [que vou fazer] até ao fim da minha vida». O humorista agradeceu ainda a confiança da estação pública de televisão e afirmou: «era uma falta de respeito deixar um canal para ir para outro». 

«Não sei fazer mais nada», assume Fernando Mendes

 

Mesmo grato a quem o convidou, Fernando Mendes recorda o primeiro desafio lançado pelo canal de Queluz de Baixo. «Na primeira vez, disse que só faria O Preço Certo e que só depois poderíamos falar de outra coisa qualquer. Demorei pouco tempo a pensar, uns três dias, e acho que até eticamente nem era bonito levar um produto que está feito num canal para outro», recordou.

Feliz com o seu programa, Fernando Mendes diz mesmo que «à partida, à chegada e à saída» está na RTP, ainda que se encontre em fim de contrato. «O contrato termina este ano, mas O Preço Certo não acabará. A extensão está falada, mas ainda estamos em setembro», considerou o apresentador, garantindo até que o dinheiro não está em cima da mesa. «Nem sequer falámos disso, porque o dinheiro não é tudo na vida. Eu não estou preocupado com isso, mas sim em fazer o que gosto e, felizmente, sou daqueles que pode fazer o que gosta. Eu gosto de fazer este programa».

Sendo um dos rostos principais da RTP, Fernando Mendes assume mesmo que não se vê a fazer outro projeto, se não O Preço Certo. «Não sei fazer mais nada. Também tenho os meus espetáculos ao fim de semana, gosto muito de fazer teatro, até porque sou ator e não apresentador». 

Numa fase tranquila da sua vida, o profissional do canal do Estado diz mesmo que, hoje, até se sente mais leve. «Dantes, era o gordo», destacou Fernando Mendes, que, no espaço de um ano e meio, perdeu quase 40 quilos.

VEJA TAMBÉM:
De pedra e cal! Fernando Mendes fechado a sete chaves na RTP1
Cristina Ferreira aponta baterias a Fernando Mendes: «mudei tudo!»

 

Texto: Ana Filipe Silveira e Raquel Costa | Fotos. Arquivo Impala

PUB
Top