Festa é Festa: Florinda teme ir parar ao inferno

Sem que os homens percebam, Aida decide terminar a peregrinação e convence as amigas o a fazerem o resto do caminho até Fátima de táxi. Florinda cede, mas teme ir parar ao inferno.

16 Set 2023 | 6:40
-A +A

Em Festa é Festa, as emoções estão ao rubro. Nos próximos episódios, os três casais estão sentados à mesa a almoçar. Estão todos exaustos da peregrinação, mas os homens não querem dar parte fraca. Albino (Pedro Alves) diz que não está muito cansado e alega: “O Bino não se queixa. O Bino usa queixas como combustível para avançar. O Bino é uma locomotiva que segue pela estrada e até solta fagulhas.”

Veja ainda:  Fábio, finalmente, conhece o pai

Aida (Ana Guiomar) pede-lhes para aproveitarem para descansar e estarem caladinhos, dizendo que Bino faz-se de forte, mas é o primeiro a chorar. Ao que o presidente da junta responde: “O Bino não chora! O Bino passou anos a abrir covas à pazada, ali, a dar ao cabedal, fizesse chuva ou fizesse sol! Nunca ninguém me ouviu a queixar!”.

“Isto foi muito mal organizado”

Cansada, Florinda (Ana Brito e Cunha) alega: “Isto foi muito mal organizado. Não pensámos bem. Devíamo-nos mas era ter juntado a um grupo maior, daqueles que têm pontos de apoio ao longo do caminho, com enfermeiros e tudo e tudo e tudo.”

Os homens estão derreados na berma da estrada e as mulheres não estão melhores, mas a uma distância segura para poderem falar sem que eles as oiçam. Aida diz que não aguenta mais e afirma: “Quero acabar com este calvário, o que é que eu havia de querer fazer? Apanhamos um táxi! Portanto, temos de nos separar deles que é para não desconfiarem de nada. O primeiro passo é esse – deixá-los para trás!” Florinda não concorda e sublinha: “Ir de táxi é tudo menos uma peregrinação!Ir a Fátima de carro é o que toda a gente faz, não é comparável a ir a pé. Onde é que está o exercício da fé? O sacrifício?”

“Os três homens já estão sozinhos e reclamam por terem concordado em separar-se das mulheres”

Pouco depois, os três homens já estão sozinhos e reclamam por terem concordado em separar-se das mulheres. Começam a questionar-se sobre quem concordou com aquilo e acabam a atirar as culpas para cima de Fernando (Manuel Marques). Este pega na sua bicicleta e afasta-se, mas rapidamente é alcançado por Albino e Tomé (Pedro Teixeira) As mulheres estão noutro ponto da estrada e Aida liga para uma companhia de táxis. Florinda não está nada confortável com o que estão a fazer, pois considera que estão a mentir e a enganar. “Vamos ser castigados. Ainda vou parar ao inferno por vossa causa.”

Aida e São convencem-na de que não tem mal nenhum e o importante é irem a Fátima. O táxi chega e Aida e São ficam felizes da vida por fazerem o resto da viagem de carro. O veiculo arranca e a dona da mercearia diz: “Filho, no sentido de Fátima, se faz favor!” E o táxi arranca. Enquanto isto, Tomé, Fernando e Bino estranham as mulheres terem decidido se afastar deles.

Texto: Neuza Silva (neuza.silva@impala.pt); Fotos: Divulgação TVI

PUB