“Ficou furiosa” e saiu da TVI: Fátima Lopes “não quis ficar à mercê” de Cristina Ferreira

Fátima Lopes “ficou furiosa” quando Cristina Ferreira Ferreira lhe comunicou os projetos que teria para ela. Como “não quis ficar à mercê” da malveirense, abandonou a TVI ao fim de uma década.

20 Fev 2021 | 21:00
-A +A

Fátima Lopes deixou a TVI a ganhar menos dois terços do ordenado que ganhava no final do ano passado. Ou seja, de 25 mil euros, passou para um salário de 7.500 e a NOVA GENTE contou o que levou à guerra entre a apresentadora e Cristina Ferreira.

Tudo começou quando a atual Diretora de Entretenimento e Ficção de Queluz de Baixo regressou ao canal, no verão passado, e decidiu substituir, no início do ano seguinte, Fátima Lopes por Manuel Luís Goucha nas tardes. O novo programa ‘oferecido’ à apresentadora – ao estilo de “Perdoa-me”, que conduziu, no início da carreira, na SIC – terá sido a gota de água que levou à rescisão do contrato.

“Assim que lhe comunicaram os novos projetos, ela ficou furiosa e demonstrou-o numa reunião que teve com a direção. No entanto, publicamente, sempre fingiu que estava bem para evitar confusões”, contou uma fonte do canal à NOVA GENTE.

“A Fátima ficou logo com a sensação que a nova direção não contava com ela como uma apresentadora de primeira linha e que aquele programa de fim de semana era provisório, uma coisa que iria durar três meses e nada mais”, disse a mesma fonte, acrescentando: “Quando aquele formato acabasse, ela iria ficar no limbo, sem nada certo, e ficaria à mercê daquilo que a Cristina lhe quisesse dar. A Fátima não quis sujeitar-se a isso”.

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top