Filha com “crises de epilepsia”: João Paulo Rodrigues assume drama vivido na família

João Paulo Rodrigues revelou que a filha mais velha, Rita, sofreu “crises” de “um tipo de epilepsia que passa com a idade” e que “tem que ver com a imaturidade do cérebro”. A jovem tem agora 11 anos.

25 Jun 2021 | 21:00
-A +A

Uma das filhas de João Paulo Rodrigues sofreu “um tipo de epilepsia que passa com a idade”. A afirmação é do próprio humorista, de 42 anos, e foi feita no podcast “Só Mais 5 Minutos”, enquanto relatava episódios que tinha vivido em público com fãs inconvenientes.

“Houve uma altura em que a minha filha Rita – agora, por acaso, acho que já passou – tinha crises de epilepsia”, contou o apresentador do concurso “Não Te Esqueças da Letra!”, transmitido pela RTP1, em conversa com Catarina Miranda. Agora com 11 anos, Rita “começa a ter convulsões” apenas “quando adormece ou quando está para acordar”, descreveu o pai.

Segundo Jota, como é carinhosamente tratado pelos mais próximos, este tipo de epilepsia “tem que ver com a imaturidade do cérebro”, mas, “com a idade”, “desaparece mesmo”. “Não é aquela epilepsia que nós conhecemos”, advertiu o comediante.A

Além de Rita, João Paulo Rodrigues é pai de Sofia, de quatro anos. As duas meninas são fruto do relação de 12 anos com Juliana Marto, sete dos quais de casamento. O término foi anunciado pelo humorista em 2017.

 

“Foi a única vez em que disse: ‘Vou passar-me. Vai saltar-me a tampa'”

 

A revelação de João Paulo Rodrigues sobre o problema de saúde da filha mais velha surgiu na sequência da partilha de uma história passada numa “concentração de motards”, onde um homem “andou a noite toda a dar cabo da cabeça” do humorista.

Até que, “de repente”, Jota recebeu “uma chamada da mãe das minhas filhas”, precisamente relacionado com o drama relacionado com Rita. “Eu recebi essa chamada e fiquei logo completamente… Foi a única vez em que disse: ‘Vou passar-me. Vai saltar-me a tampa'”, recordou.

Contudo, amigos do comediante “conseguiram acalmar as coisas”. “O rapaz foi à vida dele” e João Paulo Rodrigues foi levado para outro lugar. “Eu já estava a ficar virado do avesso”, confessou agora.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB