Final da primeira temporada de “Quero é Viver”: Ana descobre doença grave

Em “Quero é Viver”, a matriarca dos Rosa Lobo vai ao médico e descobre que sofre de Alzheimer. Arrasada, decide guardar segredo.

29 Abr 2022 | 20:10
-A +A

A novela “Quero É Viver” está cada vez mais empolgante. No final da primeira temporada, Ana passeia com as filhas à beira-mar, com estas tentadas em darem um mergulho nuas como fizeram antes. Ana, ausente, diz que a sua mãe não está, pensando estar na Fuzeta. As filhas olham atónitas para ela, que se atira de seguida à água a dizer querer brincar.

Ana, que entretanto volta a si, disfarça às filhas que estava somente a brincar com elas na praia, tendo perfeita noção de onde está. Afasta-se sem querer prolongar aquela conversa, mas as filhas ficam desconfiadas.

Dias depois, no hospital, Ana chora desolada por o seu médico, Dr. Ferro, lhe confirmar que os exames detetaram o pior cenário para ela, sendo aqueles seus lapsos de memória algo mais sério. Arrasada, a mãe de Natália pede: “Eu quero que não me esconda a verdade. Os esquecimentos, as distrações, o sentir-me na infância por vezes… não tem que enganar, é isso?”

O médico confirma que sim e afirma: “O diagnóstico é grave” : Ana sofre de  Alzheimer!

Na Maria em banca, conheça todo o desenvolvimento do drama de Ana e saiba como a doença vai voltar a aproximá-la do ex-marido.

 

 

PUB