Finalmente! Judite Sousa revela os motivos da saída da TVI: “Estava morta por dentro”

A jornalista acredita que “faltou ponderação” na forma como foi tratada enquanto trabalhava na TVI.

03 Fev 2023 | 21:30
-A +A

Judite Sousa deu uma entrevista a uma publicação semanal, em que falou novamente sobre a morte do filho, André de Sousa Bessa, que faleceu na sequência de um acidente numa piscina. A jornalista recordou um dos episódios que passou dentro da TVI, levando-a a decidir abandonar o canal.

A comunicadora revelou que descobriu que os próprios colegas terão feito uma “grande pressão” sobre a administração do Hospital Garcia de Orta: “Aquele momento foi de uma violência sem nome. Eu estava a apresentar em direto um jornal e fiquei a saber, a ter uma noção mais clara de como tinha sido tratada, pelos meus colegas, a morte do meu filho. E isso causou-me uma grande revolta, porque o meu filho não era uma figura pública”, contou à mesma publicação.

Judite Sousa afirmou que, quanto ao canal onde trabalhava anteriormente, “faltou ponderação”: “Quanto à empresa onde eu trabalhava, foi o que foi… Reconheço que faltou ponderação naqueles trágicos dias, mas assumo essa responsabilidade”, disse.

 

“Deixei de cumprir com as minhas obrigações”

 

A jornalista lamentou ainda o facto de, por estar a sofrer uma depressão, deixar de cumprir as obrigações profissionais: “Não contei nada a ninguém. Vivi aquele momento em silêncio e deixei de cumprir com as minhas obrigações profissionais. Já não eram muitas, mas de qualquer forma tinha obrigações. Passei a chegar à TVI às três da tarde e a vir-me embora pouco tempo depois”, afirmou.

“Sentia que estava morta por dentro. Sentia-me um vegetal. A empresa concluiu que tinha deixado de ser um ativo, e eu própria cheguei à conclusão de que já não estava a fazer nada. Tudo tinha perdido sentido”, continuou.

Leia ainda: A infância sem pai. Judite Sousa fala de traumas antigos: “Andei à procura de um sentido”

Texto: Sofia Mendes; Fotos: Redes Sociais

 

 

PUB