Flor Sem Tempo: Vasco descobre que foram os Valente que raptaram Eduardo

Em Flor Sem Tempo, Vasco quer que o pai vá à polícia e faça queixa contra a família Valente. Eduardo diz ao filho que só quer esquecer o assunto.

07 Ago 2023 | 20:30
-A +A

Esta noite, em Flor Sem Tempo, SIC, no armazém, Teodoro já aguarda por Ricardo quando este chega atrasado e pede desculpa. Madalena vem ter com o filho, dá-lhe uma pomada para as dores e tenta que o empregado lhe dê uma folga, mas este diz que tem instruções de Fernando para que o rapaz seja tratado como qualquer outro trabalhador. Na sala de provas, Bruno e Caetana fazem um brinde à compra da Quinta da Figueira Brava. A irmã de Vasco confessa que está muito feliz e pede ao jornalista que ainda não escreva nada sobre o assunto, pois é segredo.

Leia ainda: Luís Maria assume a Leonor que matou Jorge

Catarina serve uma torta à mãe e pergunta-lhe se está mais calma. Leonor diz-lhe que precisa de arranjar um emprego e que está preocupada com Vera, pois acha-a desleixada com o bebé. Nesse momento, o telemóvel da cozinheira toca e esta gela quando abre a mensagem que acabou de receber. Catarina tira o telemóvel à mãe e percebemos que estão a ver uma fotografia de Luís Maria com Jorge ao colo. As duas ficam aterrorizadas. Mimi e Sebastião vão ter com Luís Maria e não reparam que ele tirou uma fotografia com o bebé. A filha de Teodoro pede ao sogro que lhe dê Jorge, pois não quer problemas para o seu lado, visto que as famílias Torres e Valente andam de costas voltadas.

Catarina, muito agitada, liga a Vera a perguntar pelo bebé. A irmã diz que Mimi foi passear com ele e a rapariga percebe automaticamente que o deve ter levado para a quinta. Catarina tira o avental e diz à mãe que vai buscar o sobrinho. Leonor desaba a chorar e conta a Elisa que Mimi levou Jorge para a quinta dos Torres.Filipa vai ao bar do clube e diz ao pai que acha precoce estar já a meter-se numa relação com Graça. Belmiro responde que não sabe no que vai dar o seu envolvimento com Graça, mas que também não pretende fazer planos. Gabriel aparece e a amiga repara que ele está feliz. O rapaz confirma que está bem e comprometido e ela aconselha-o a não estragar tudo.

Catarina perde a cabeça com Mimi

Sebastião tenta falar com o pai sobre a aquisição do quiosque quando Mimi vem de dentro, empurrando o carrinho do bebé, pronta para se ir embora. Nesse momento, Catarina entra e perde a cabeça com ela, pois não podia ter levado para ali o seu sobrinho. Mimi diz que o bebé está a dormir e ninguém lhe fez mal, mas a filha de Leonor aponta para Luís Maria e confronta-o com a fotografia que enviou. Vasco aparece, atraído pela agitação, e diz a Sebastião e Mimi que foi uma inconsciência levar para ali um bebé sem a autorização da família. Bruno está com Caetana, na farmácia, quando esta lhe conta que vai assinar a escritura da quinta. O jornalista fica muito contente e beija-a no momento em que Cremilde vem do armazém. A funcionária felicita a patroa pelo novo namorado e comenta que é bom para os meninos terem uma figura masculina na sua vida.

Na casa das tortas, Elisa dá na cabeça da filha por ter levado o bebé para a quinta dos Torres. Mimi tenta explicar que não fez por mal e que Jorge não ficou em perigo, mas a mãe diz-lhe que tem de ter mais noção das coisas que faz, pois aquelas duas famílias andam sempre às turras.Luís Maria está na sua sessão de terapia e Lemos pede-lhe que baixe a guarda e seja mais honesto em relação ao que sente. O diretor financeiro fala da morte de Margarida mas, quando o psicólogo tenta aprofundar o assunto, ele muda de conversa e diz que teve uma ereção com outra mulher.

Vasco e Eduardo acabam de estacionar o carro no pontão e falam sobre a ida a tribunal. O chefe do departamento de enologia comenta com o filho que está com receio e também não queria estar a desenterrar o assunto da traição, pois sabe que vai magoar Vitória. De repente, Tozé entra na carrinha e arranca. Eduardo reconhece o barulho, sente o cheiro e comenta com o filho que quando foi raptado esteve dentro daquela carrinha. Vasco olha para o pai e chega à conclusão que quem o raptou foram os Valente. Leonor perde a cabeça com a filha e diz-lhe que não passa de uma irresponsável. Catarina diz à irmã que o filho é uma responsabilidade dela e não é para andar aí nos braços de toda a gente. Vera afasta-se, farta da discussão, e a mãe começa a chorar, muito nervosa.

Vasco quer que o pai vá à polícia e faça queixa contra a família Valente. Eduardo, muito enervado, diz ao filho que só quer esquecer o assunto e não quer dar mais razões ao juiz para achar que Fernando tinha todos os motivos para fazer mal aos Valente. Mais tarde, Vasco vai à lavandaria e confronta Catarina com o rapto do pai. Ela acaba por admitir que o fez e que só queria que a carta de Eduardo fosse divulgada e a verdade fosse descoberta. O ex-namorado comenta que nem a reconhece e a jovem responde-lhe que ter raptado Eduardo não foi nem um terço daquilo que a família Torres fez à dela.

Recorde o episódio anterior de Flor Sem Tempo

O resumo do episódio está sujeito a mudanças em função da edição da novela

Texto e fotos: SIC

PUB