Flor Sem Tempo: Vitória envolve-se com Luís Maria

Em Flor Sem Tempo, da SIC, a mãe de Vasco vai ter com o cunhado ao hotel e beija-o com grande desejo.

23 Nov 2023 | 14:30
-A +A

Em Flor Sem Tempo, Tozé e Catarina estão muito angustiados com a reabertura do caso de Margarida, pois temem que haja consequências para Leonor e para a angariação de dinheiro de Jorge. Embora saibam que a mãe está inocente, ela está a tornar-se cada vez mais a principal suspeita e apanharem Luís Maria está cada vez mais longe do horizonte.

Veja ainda: Más notícias! Polícia encontra ADN de Leonor no carro de Margarida

Ricardo liga-lhe, dizendo que a clínica é um inferno

Sebastião e Luísa estão a beber moscatel. O rapaz diz que tem de ir dormir porque, para além do quiosque, também tem ainda o vinho para fazer. Luísa diz-lhe que é difícil deixá-lo porque ele é tão querido e inteligente e o primo de Vasco fica agradado com o elogio, dizendo que é bom sentir que é suficiente. Nesse momento, Ricardo liga-lhe, dizendo que a clínica é um inferno, e o irmão diz-lhe que é o melhor para ele.

Vasco chama Mariana para lhe dizer que vai ter de mudar o barco de sítio, por isso, talvez seja boa ideia ela começar a pensar encontrar uma casa. A ex-namorada pergunta-lhe se ele não tem saudades dela e o neto de Fernando diz que não. Ela fica magoada e o ex-namorado vê que ela tem um porta-chaves de um carro que não é o da quinta. A rapariga fica atrapalhada e diz que está a fazer um test drive.

Vitória vai ao quiosque ter com Leonor e diz-lhe quer quer saber tudo o que se passou entre ela e Eduardo na noite em que Margarida morreu. A cozinheira fica nervosa e a mãe de Vasco diz-lhe que já sabe que não foi ela quem matou a enóloga, mas que se ela não contar tudo, entrega o vídeo à polícia.

Catarina está a trabalhar quando é abordada por Natália

Catarina está a trabalhar quando é abordada por Natália, que a acusa de estar a dividir os filhos. A rapariga responde que David é adulto e consegue pensar pela própria cabeça, mas a ex-governanta dos Torres está convencida de que se não fosse ela, o filho já tinha dado a mão à irmã.

Leonor revela a Vitória tudo o que aconteceu com Eduardo e Luís Maria. Conta-lhe que viu Luís Maria com a caçadeira na mão, o corpo de Margarida caído e que o vilão a queria matar. Por isso, Eduardo escondeu-a durante semanas numa casa, dizendo-lhe que iam os dois fugir do país. A mãe de Vasco está em choque e diz que o marido nunca ia fugir com Leonor, ao que esta responde que é verdade. Quando a cozinheira percebeu que ele estava a mentir, fugiu e o amante prendeu-a num moinho até a filha a encontrar. A irmã de Madalena fica em choque.

Bernardo está a preparar o pequeno-almoço para Caetana, que fica agradavelmente surpreendida. Ele pergunta-lhe se estão bem, mas ela tem alguma dificuldade em acreditar que ele se curou de um dia para o outro. O namorado diz que ela é que o curou e jura, por todos os que ama, que não vai voltar a jogar.

A irmã diz que ficou com a sensação de que ele estava a atirar-se a ele

Jaime está com Filipa, muito animado, porque acabou de receber umas fardas de uma comissário de bordo, que era lindo. A irmã diz que ficou com a sensação de que ele estava a atirar-se a ele e que o cartão de visita no bolso do casaco não foi um acaso.

Vasco vai perguntar a Teodoro se ele tem visto Mariana com algum carro que não seja o da quinta. Ao achar que o rapaz está a controlar os gastos, diz-lhe que não a tem visto com nenhum carro senão o da Chão da Serra, mas também não sabe se ela o usa ao fim de semana, nem quantos quilómetros faz. O neto de Fernando fica confuso.

Rosa está a agradecer ao velho Torres a ajuda que lhe deu e ele responde que os novos patrões dela é que lhe devem agradecer porque ele tem noção de que ela é uma boa enóloga. Fernando agradece o trabalho que ela fez na quinta e propõe-lhe ajudar com a faculdade de Cláudia. A ex-namorada de António não aceita a ajuda, mas diz que, se alguma vez precisar, o contacta.

Isidro está com Jaime. Já lhe contou a história toda da sua vida e diz-lhe que veio a bem. O sobrinho diz-lhe que se veio atrás de dinheiro, eles não têm onde cair mortos. O tio explica-lhe que veio atrás de dinheiro, mas não do deles. O rapaz diz-lhe que se ele não é um burlão, então não se importa de fazer um teste de ADN e o tio diz que não.

Leonor diz a Catarina que Vitória foi ter com ela e contou-lhe tudo o que aconteceu. A cozinheira está muito nervosa e teme represálias, mas a filha diz-lhe que ela fez o que tinha de ser feito, já que a rival ameaçou que entregava o vídeo à polícia.

Sebastião e Luísa estão a beber café e ela junta-se a eles

Madalena vai ao bar do clube falar com Graça e ver como tudo correu na sua ausência. Sebastião e Luísa estão a beber café e ela junta-se a eles. O filho apresenta a mãe e diz que Luísa é uma amiga. Mimi entra e vê aquela imagem de alegria do ex-noivo, Madalena e Luísa e vai interromper o momento.

Julieta está com Vera, Cremilde e Filipa e diz à jovem que lhe pode dar trabalho. Porém, não é como colega de Filipa, como a rapariga esperava, mas nas limpezas. A irmã de Catarina não fica muito agradada, mas não se pode dar ao luxo de recusar.

Vitória vai ao hotel onde Luís Maria está hospedado e pergunta-lhe o que é que ele sabe de Eduardo ter Leonor presa num moinho. Pela reação do cunhado, ela percebe que a cozinheira não estava a mentir. O vilão diz que nunca entendeu o que é que Eduardo estava a fazer com a amante com Vitória em casa. Ela afirma que odeia o marido com todas as suas forças e diz que Leonor lhe pareceu cheia de medo, pois ameaçaram os filhos dela. O homem confirma que o fez, sim, mas que era só a fingir. Parece que Vitória vai embora, mas ela acaba por trancar a porta e beijar o cunhado, com fervor.

Recorde o episódio anterior de Flor Sem Tempo

O resumo do episódio está sujeito a mudanças em função da edição da novela.

Texto e fotos: SIC
PUB