“Fogo-de-artifício privado”: Esta e outras tradições de Conguito na noite de Ano Novo

Conguito, repórter digital do programa da RTP1 “The Voice Portugal”, responde ao questionário de Ano Novo da TV 7 Dias, no qual conta que anualmente elabora uma lista de cem coisas que quer fazer.

29 Dez 2020 | 23:10
-A +A
TV 7 Dias – Complete a frase: “2020 foi um ano…”

Conguito – Para perceber que nem tudo é como nós esperamos.

O melhor e o pior de 2020?

O melhor: a vida profissional. O pior: não termos tido uma época de festivais de verão.

Que tradições costuma cumprir na noite de passagem de ano?

Não como passas porque não gosto. Tenho sempre fogo-de-artifício privado, graças aos meus vizinhos. Faço um balanço do ano e uma lista de cem coisas que quero fazer no ano seguinte.

Noite de Ano Novo com amigos ou só com a cara-metade?

Com amigos e com a cara-metade.

Qual foi a passagem de ano mais marcante de sempre e porquê?

A de 2007/2008, no Terreiro do Paço, porque vi o concerto de uma das minhas bandas favoritas, os Da Weasel, com os meus melhores amigos.

Três desejos para 2021?

Conhecer o Tyler, The Creator, aprender a tocar um instrumento e realizar um documentário.

Já passou o Ano Novo fora de Portugal?

Não.

O que costuma fazer no primeiro dia do ano?

Adoro comer pizzas do dia anterior e ver filmes que me inspirem.

Ano novo é sinónimo de recomeço, de balanço do que passou ou é apenas um dia como os outros?

É um dia de reflexão.

Deixe uma mensagem de Ano Novo aos leitores da TV 7 Dias.

Feliz ano novo. Espero que todos os seus objetivos se realizem e que possam continuar com saúde, juntamente dos seus.

 

Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top