Foi de arromba: “Festa é Festa” e restantes novelas da TVI destronam ficção da SIC

A novela “Festa é Festa” continua a reunir a preferência dos espectadores e mantém-se no topo da tabela dos programas mais vistos do dia. A restante ficção da TVI também liderou em audiências.

30 Abr 2021 | 17:10
-A +A

O sucesso de “Festa é Festa” alavancou, esta quinta-feira, as audiências das restantes novelas da TVI. Ao fim de largos meses, a ficção da estação de Queluz de Baixo conseguiu mesmo destronar a da SIC, tendo alcançado a liderança em horário nobre. Nas contas gerais, continua, porém, a perder para a rival.

O quarto episódio da trama protagonizada por Maria do Céu Guerra, Pedro Alves e Pedro Teixeira foi acompanhado, em média, por 1 milhão e 378 mil espectadores, tendo assinalado 26,6% de share. Com uma história idealizada por Cristina Ferreira, a Diretora de Entretenimento e Ficção, a novela foi novamente o programa mais visto do dia, apesar da quebra de 66 mil espectadores em relação ao capítulo anterior.

Como dizíamos, a liderança obtida por “Festa é Festa” beneficiou a restante ficção da TVI, como “Bem Me Quer”. No caso desta, registou-se mesmo a quota de mercado mais elevada do ano. A trama que conta com Kelly Bailey no papel principal fechou as contas com 1 milhão e 151 mil espectadores e 24,8% de share. Também liderou no confronto com parte dos episódios das novelas “Amor Amor” e “A Serra”.

 

Ficção nacional da SIC perde liderança ao fim de vários meses

 

Vamos, então, à ficção da SIC. “Amor Amor” sofreu uma nova derrota, tendo mesmo sido ultrapassada, em números absolutos, pela segunda novela da TVI. A história protagonizada por Joana Santos e Ricardo Pereira obteve uma audiência média de 1 milhão e 123 mil espectadores e registou 21,9% de quota de mercado. Tal como “Festa é Festa”, também a novela da SIC registou uma quebra face ao dia anterior. Mas bem mais acentuada: menos 162 mil espectadores acompanharam a trama, em relação ao capítulo de quarta-feira.

“A Serra”, com 961 mil e 600 espectadores e 22,9% de share, ainda conseguiu fazer frente a “Amar Demais”. Mas também esta trama da TVI alcançou a sua liderança no horário, com 850 mil espectadores e 24,2% de quota de mercado. Enquanto isso, “Tempo de Amar” fidelizou à antena da SIC 470 mil espectadores, tendo estacionado nos 18,6% de share. A reposição de “Mulheres” também deu a liderança à TVI, com 373 mil e 800 espectadores e 19.8% de quota de mercado.

 

SIC líder entre “Casa Feliz” e “Jornal da Noite”

 

Líder no horário nobre com a sua ficção – pela primeira vez, em muito tempo -, a TVI não pode cantar vitória nas manhãs e nas tardes. Essas continuam a pertencer à SIC, que liderou entre “Casa Feliz” e “Jornal da Noite”. Números que contribuíram para que, nas contas gerais do dia, o canal de Paço de Arcos permanecesse com o título de mais visto em Portugal.

Vamos aos destaques. De manhã, “Casa Feliz” captou a atenção de 377 mil espectadores, enquanto “Dois às 10” ficou atrás, com 339 mil e 600 espectadores. Já no horário vespertino, “Júlia” venceu no confronto com “Goucha”, apesar de este, por ter mais uma hora de emissão, ter alcançado, em números absolutos, uma audiência maior.

No final da tarde, a ficção da Globo também continua a dar alegrias à SIC. “Viver a Vida” e “Êta Mundo Bom!” foram líderes no seu horário e a última voltou mesmo a ultrapassar a fasquia do milhão de espectadores. À mesma hora, “O Preço Certo” agarrava à antena da RTP1 792 mil e 800 espectadores. “Cristina ComVida” manteve-se na terceira posição, com 632 mil e 500 espectadores.

Nas contas gerais do dia, a SIC atingiu os 20,7% de share, contra os 19,1% da TVI e os 12% da RTP1.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Divulgação TVI

PUB
Top