Futebol, futebol, futebol… e três intrusos: Eis os 20 programas mais vistos de 2020

Em 2020, 16 dos 20 programas mais vistos foram transmissões de jogos de futebol. Mas a lista, liderada ex-aequo pela RTP1 e pela SIC, também contém informação, humor e ficção nacional.

01 Jan 2021 | 12:50
-A +A

A tradição manteve-se. A lista dos programas mais vistos deste ano é maioritariamente composta por transmissões de jogos de futebol, em particular da Seleção Nacional, que lidera os três primeiros lugares. Todos eles em encontros a contar para a Liga das Nações e transmitidos pela RTP1.

O jogo que opôs Portugal a França, ocorrido a 14 de novembro, foi o que obteve mais audiência em 2020. Em média, 2,583 milhões de espectadores assistiram à partida, o correspondente a 43,7% de quota de mercado. Já o França x Portugal, que aconteceu a 11 de outubro, captou a atenção de 2,288 milhões de pessoas e registou 43,5% de share. O encontro entre Portugal e a Suécia, no dia 14 do mesmo mês, fecha o top 3, tendo agarrado 2,218 milhões de espectadores e assinalado 41,5% de share.

A final da Taça de Portugal, entre o Benfica e o FC Porto, segue-se na lista. O clássico, transmitido a 1 de agosto também pela estação pública, foi acompanhado por 1,993 milhões de espectadores e teve 43,9% de quota de mercado – o valor de share mais alto da lista aqui apresentada pela TV 7 Dias.

 

TVI aparece em quinto e SIC em sétimo

 

Em quinto lugar, a TVI destaca-se com o jogo entre o FC Porto e o Manchester City. A contar para a Liga dos Campeões, foi exibido no dia 1 de dezembro e fidelizou à antena do canal de Queluz de Baixo 1,987 milhões de espectadores. Marcou 34,4% de quota de mercado.

Depois do jogo particular entre Portugal e Espanha, transmitido pela RTP1 a 7 de outubro com uma audiência média de 1,933 milhões de espectadores (39,2% de share), surge, em sétimo lugar, o primeiro programa da SIC a figurar nesta lista. E trata-se, também de uma partida de futebol. Rangers x Benfica, para a Liga Europa, foi acompanhado por 1,927 milhões de pessoas e registou 35,4% de share.

 

RAP, “Jornal da Noite” e “Nazaré” fogem à regra

 

Transmissões de jogos do desporto-rei só são quebradas ao décimo lugar. E graças a Ricardo Araújo Pereira. A emissão de 26 de abril do programa humorístico “Isto é Gozar com Quem Trabalha” teve uma assistência de 1,874 milhões de espectadores, o correspondente a 30,6% de quota de mercado.

A lista prossegue com futebol, futebol e mais futebol. Até que, em 15.º lugar, aparece a emissão de 22 de março do principal noticiário da SIC. O “Jornal da Noite” desse domingo teve uma audiência média de 1,761 milhões de espectadores e 29,5% de share, sendo o único programa informativo presente no rol dos 20 programas mais vistos de 2020.

O terceiro ‘intruso’ de uma lista dominada pelo futebol surge em dose dupla. E também é da SIC. Trata-se da novela “Nazaré”. O episódio especial de 23 de abril, em que a protagonista da história foi ilibada da morte de António, uma verdade finalmente descoberta, rendeu à estação de Paço de Arcos 1,673 milhões de espectadores e 28,9% de share. Já o de 5 de julho, o último capítulo da primeira temporada, captou a atenção de 1,652 milhões de espectadores e registou 32,5% de quota de mercado.

 

RTP1 e SIC com oito programas. TVI tem quatro

 

Contas feitas, a RTP1 e a SIC disputam o número de programas que elencam o top 20 dos programas mais vistos neste ano, em clara vantagem para a estação pública se nos centrarmos nas audiências propriamente ditas. Ambas colocam oito formatos nesta lista. A TVI tem apenas quatro, todos eles transmissões de jogos do desporto-rei.

 

(nota de redação: os dados aqui apresentados dizem respeito até ao dia 15 de dezembro)

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top