George Clooney EM DEFESA de Meghan Markle: «Tem sido perseguida e difamada»

George Clooney mantém uma relação de amizade com Meghan e o príncipe Harry. O ator fez questão de defender a duquesa de Sussex publicamente.

12 Fev 2019 | 16:20
-A +A

Os rumores e a difamação que tem sido criada à volta de Meghan Markle tem incomodado George Clooney, que fez questão de defender a duquesa. Durante um evento esta segunda-feira, 11 de fevereiro, o ator de Hollywood confessou à revista Australiana Who estar chocado com a perseguição que tem sido feita a Meghan.

«Estão a perseguir a Meghan Markle em todo lado. Ela tem sido perseguida e difamada» afirmou, comparando-a de seguida à princesa Diana.

«Ela está grávida de sete meses e foi perseguida e desprezada, da mesma forma que Diana. Isto é a história a repetir-se. Já vimos como isso termina», disse Clooney, fazendo referência ao acidente que tirou a vida à princesa Diana, em 1997, durante o qual ela estava a ser perseguida por paparazzi.

George Clooney e Amal Alamuddin mantêm uma relação de amizade com o príncipe Harry e Meghan Markle. O casal esteve presente no casamento real que aconteceu em maio de 2018.

Leia mais: Bebé de Meghan Markle DÁ PONTAPÉ NA BARRIGA da duquesa. Veja o vídeo!

 

Clooney vai ser o padrinho do filho de Meghan e Harry?

Na mesma conversa, George Clooney revelou se vai ou não ser o padrinho do novo bebé real. «Ah sim, eu vou ser padrinho da realeza, aparentemente», afirmou em tom de brincadeira, antes de proferir um enfático «não!».

O ator revela ainda que ser pai de gémeos lhe dá trabalho suficiente. «Eu sou pai de gémeos, tenho o demasiado com que lidar – literalmente!».

Recorde-se que Amal, 41 anos, deu à luz a filha Ella e o filho Alexander em junho de 2017.

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais; Fotos: Reuters

 

PUB
Top