Globo contrata Joana de Verona… mas no Brasil só se fala do caso com Diogo Morgado!

A atriz vai atravessar o Atlântico para integrar o elenco de uma novela da Globo e tornou-se, por isso, notícia na imprensa brasileira. Mas não pelos melhores motivos.

13 Ago 2019 | 11:50
-A +A

Depois de Ricardo Pereira, Paulo Rocha, José Fidalgo e Pedro Carvalho, entre outros, há um novo nome com sangue português a caminho da maior estação de televisão brasileira. Joana de Verona está, segundo a imprensa daquele país, confirmada no elenco do remake da novela Éramos Seis, juntando-se a atores como Antonio Calloni, Glória Pires, Susana Vieira e Ricardo Pereira, o ‘tuga’ mais carioca do momento. A estreia, na antena da Globo, está marcada para 30 de setembro.

Nascida no município brasileiro de São Luís do Maranhão, mas a viver em Portugal desde os seus nove meses, Joana de Verona, de 29 anos, está a ser apelidada pela Comunicação Social do Brasil de… «atriz polémica». E tudo por causa da controversa relação que viveu com Diogo Morgado, quando este ainda partilhava casa com a mãe dos filhos. Na altura, os dois atores assumiam os papéis principais da novela Ouro Verde, que, a título de curiosidade, está atualmente em exibição no Brasil, no canal Band.

A notícia caiu que nem uma bomba na esfera mediática portuguesa e foi dada, em exclusivo, pela TV 7 Dias, no final de janeiro de 2017. No dia 26 desse mês, às 00h50, a nossa revista apanhou os então protagonistas da história da TVI aos beijos, à porta da casa da atriz, depois de um dia de gravações. «Fotografias e vídeos do casal aos beijos e de mãos dadas nos bastidores foram divulgados pela revista TV 7 Dias. Na época, a mulher de Morgado, Cátia Oliveira, havia acabado de dar à luz o segundo filho do casal e perdoou a traição do marido», recorda agora um portal de notícias brasileiro. Foi uma «polémica daquelas», adjetiva outra revista.

 

Veja todas as imagens na galeria!

 

De facto, a paixão entre Diogo e Joana durou poucos meses, com o primeiro a voltar para os braços da mãe dos seus dois filhos. O mais novo, Afonso, não tinha sequer um ano quando o escândalo rebentou. Já o primogénito, Santiago, tinha completado sete. Se a atriz nunca se pronunciou sobre o assunto, o ‘hot Jesus’ – alcunha que recebeu da apresentadora Oprah Winfrey após ter protagonizado a série bíblica norte-americana O Filho de Deus – quebrou, na altura, o silêncio quando, em comunicado, afirmou: «A vida de cada um só a cada um diz respeito, assim como a verdade das coisas.» As fotografias captadas pela objetiva da TV 7 Dias provavam o contrário.

Tornado público o ‘affair’ entre os dois atores, muita tenta correu pelo resto da imprensa com a reprodução de várias notícias (falsas) em torno do acontecimento. Foi o caso da alegada vontade de Joana de Verona de abandonar a novela Ouro Verde, um facto que a TV 7 Dias desmentiu categoricamente na altura. O mesmo fez a TVI em comunicado: «A Joana trabalha diariamente na novela com todo o profissionalismo que a caracteriza desde o primeiro dia, de acordo com a sua carreira ímpar que tem tido na área do cinema, do teatro ou da televisão. Nunca esteve previsto ou foi pedido por ninguém que a atriz abandonasse a novela.»

Mais de dois anos depois, este parece ser um assunto encerrado para ambas as partes, cujas vidas amorosas foram conhecendo, entretanto, novos capítulos. Prova disso foram as imagens exclusivas que a TV 7 Dias publicou no passado mês de maio, nas quais a atriz surgia, apaixonada, a trocar beijos com o artista brasileiro Gilmar Júnior.

 

VEJA TAMBÉM:
Jovem ator da TVI chora por causa de Joana de Verona e comove Rita Pereira
Diogo Morgado quer levar Portugal aos Óscares!
Estrela da Globo põe fim à carreira dois anos após polémica!

 

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: D.R.

PUB
Top