Golfinho bebé morre devido a exagero de banhistas

São animais muito acarinhados e alvos de muita atenção do ser humano… mas quando é que a atenção é excessiva?

17 Ago 2017 | 12:55
-A +A

Toda a gente sabe que os golfinhos são sempre uma grande atração para o ser humano. No entanto, nem sempre a atenção que eles recebem é positiva ou mesmo saudável. 

Foi numa praia espanhola que o pior aconteceu! Um golfinho bebé deu à costa na praia de Mojácar, em Almería, e como tal atraiu de imediato muita gente. As muitas fotografias e os banhistas a tocarem em excesso no cetáceo levaram a um “choque e stress” que foi fatal para o golfinho. 

A Equinac, uma associação que se dedica ao resgate de animais marinhos condenou a atitude dos banhistas, no entanto, esta não é a primeira vez que um golfinho morre assim. 

Também na Argentina, um golfinho deu à costa e com o excesso de “selfies” e não só – o animal chegou a ser retirado da água para que o pudessem ver melhor – acabou mesmo por falecer!

A notícia da morte deste golfinho chegou à China e a Equinac lamenta toda a situação: 

“Parece que a mensagem de avisar o 112, não reintroduzir os cetáceos, não oprimi-los com fotos e não lhes tocar a todo custo, chegou a China, – Estamos estupefactos – não só a nível estadual se viu, ouviu e se leu na grande televisão, rádio e imprensa! Na BBC, Washington Post, media internacionais mais importantes do mundo também foi lançado”.

A associação emitiu um comunicado de alerta:

Veja a nossa reportagem sobre golfinhos: 

Veja também: 

 

PUB
Top