Golpe de… azar: Maria João Abreu encerra negócio devido à crise pandémica

Maria João Abreu viu-se na obrigação de encerrar o estabelecimento comercial que estava a ser gerido por um dos filhos e pela mulher deste. O café/restaurante estava fechado desde novembro passado.

11 Mar 2021 | 17:20
-A +A

Maria João Abreu tem vivido meses difíceis. Apesar de ter brilhado no pequeno ecrã, na série de sucesso “Golpe de Sorte”, da SIC, na qual interpretou a euromilionária Maria do Céu, a atriz, de 56 anos, viu o seu café/restaurante fortemente afetado pela pandemia provocada pela COVID-19 e teve de fechar as portas do estabelecimento de forma definitiva.

O negócio, que era fonte de sustento e gerido pelo filho Ricardo Raposo e a nora Rita, situado em Lisboa, teve de ser encerrado. De acordo com uma publicação semanal, o bistrô reabriu no verão, contudo, com o agravamento do número de novos infetados e mortos devido ao novo coronavírus, teve de voltar a fechar em novembro do ano passado.

Quatro meses depois, segundo a TV Guia, Maria João Abreu não encontrou perspetivas de manter o negócio aberto, tendo desmontado o café.

 

Maria João Abreu em sofrimento com a morte do pai

 

Com dificuldade em garantir a sobrevivência dos seus negócios, a atriz enfrentou uma das maiores perdas da sua vida. Em novembro do ano passado, João António de Almeida, o pai de Maria João Abreu, sucumbiu à COVID-19. O luto que se seguiu tem sido doloroso.

“Ainda me magoa muito tê-lo perdido. Penso muito nele e, quando chego a casa, à noite, ainda choro”, contou. Desde então, o seu refúgio tem sido o trabalho, mas até nisso sente alguma “uma certa falta de concentração.”  “Hoje, além do texto, tenho de me preocupar com a distância, a máscara e uma série de coisas”, revelou o rosto da ficção da estação de Paço de Arcos à mesma publicação.

O trabalho tem sido o seu refúgio – Maria João Abreu integra o elenco da novela “A Serra” e a sitcom “Patrões Fora” -, à semelhança do marido, João Soares. “Quando estou mais em baixo, basta ele puxar-me para o seu lado e abraçar-me, que já ajuda. Mas continuo a chorar, mesmo depois destes meses.”

 

Maria João Abreu envolvida em esquema de burla da mãe de Sara Barradas

 

Maria João Abreu e o marido foram alguns dos burlados por Felisbela Dias e João Almeida, a mãe e o padrasto da atriz Sara BarradasTerá sido a primeira a denunciar o esquema às autoridades, depois de ter ficado sem quase sete mil euros que iria investir numa casa em Sesimbra.

A atriz só descobriu que o negócio não existia no dia da escritura, tal como a maioria das vítimas da mãe e do padrasto de Sara Barradas. Até agora, Maria João Abreu ainda não se pronunciou publicamente sobre o assunto.

 

Texto: Alexandre Oliveira Vaz e Patrícia Correia Branco; Fotos: Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top