Goucha DESPEDE-SE de Cristina: «Faz falta o seu olhar vibrante»

Manuel Luís Goucha despediu-de publicamente de Cristina Ferreira, a sua companheira das manhãs nos últimos 14 anos.

02 Set 2018 | 12:19
-A +A

Manuel Luís Goucha ainda pouco ou nada tinha falado sobre a saída de Cristina Ferreira da TVI. Este sábado, 1 de setembro, o apresentador abriu o coração ao público.

Embora seja uma pessoa de poucas palavras, o ex-companheiro da ex-funcionária da TVI, decidiu fazer a sua despedida pública daquela que o acompanhou ao longo dos últmos 15 anos.

Goucha colocou um ponto final a tanta especulação sobre as saudades que ia sentir da companheira. Foi no seu blogue, Cabaré do Goucha que o apresentador falou do seu grande amor televisivo.

«Em momento algum me senti zangado, como li em alguns sítios, onde habitualmente se chocalha a mentira e a raiva. Ao saber, duas semanas antes da notícia cair no domínio público e da boca da própria, que a Cristina havia decidido não renovar contrato com a TVI, tendo optado por um novo desafio, senti que o inevitável acontecera: a dupla que melhores resultados conquistara nos últimos 14 anos nas audiências televisivas acabava. É que se eu fosse director de programas faria o mesmo: tentaria amputar a dupla ainda por cima sabendo que os contratos de um e de outro estariam a terminar. Já outros o haviam tentado anteriormente (escusam de negar) ainda que sem êxito. Foi desta!», começa por afirmar.

LEIA MAIS: LAVADA EM LÁGRIMAS, Cristina Ferreira desabafa: «Tenho saudades do futuro»

Manuel Luís Goucha aceita a decisão de Cristina Ferreira em começar um novo desafio e acaba por dar os parabéns ao diretor de programas que lhe fez a proposta, realçando no entanto, que esta não foi a primeira vez que tentaram separar a dupla, só que agora conseguiram.

O apresentador esclarece que a amizade criada ao longo dos últimos anos se vai manter porque não vai ser uma «mudança e uma contratação, por muito mediatizada que seja» que vai afetar o que os une.

«O afecto cimentado na cumplicidade, no companheirismo e no entendimento que temos da nossa função é inquebrantável, como qualquer sentimento que seja sustentado pela coesão e pela verdade».

«Faz-me falta a sua gargalhada escancarada logo pela manhã»

Apesar de já saber há vários dias que não terá Cristina Ferreira ao seu lado na apresentação, Goucha continua a sentir-se «triste» com a despedida e assume que já sente saudades da colega das manhãs.

«Claro que me faz falta a sua gargalhada escancarada logo pela manhã, o seu jeito de subverter, de desconstruir, o seu olhar vibrante de espanto … mas tê-los-ei sempre que quiser, basta um telefonema, um encontro para um almoço ou para um abraço. É o que fica e é tanto a deixar cicatrizes na memória!», conta.

VEJA MAIS: Manuel Luís Goucha ATIRA FARPA a SIC em direto!

Goucha termina o seu texto de despedida com uma pequena reflexão sobre os desafios que se recebem durante a vida profissional e assume, que para ele e Cristina Ferreira, o desafio «já começou».

«A vida é isto, para cada um de nós, faz-se de mudança, de desafios. Que nos convocam, inquietam, põem à prova. Que fazer? Ficar quieto no nosso canto ou ir à luta? É voar e ser feliz! Não somos de nos acomodar, por isso o futuro, para um e outro, já começou! Até já… meu amor!».

Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top