Guerra Lisboa – Porto: TVI volta a ser alvo de críticas

A TVI está, novamente, a ser alvo de críticas por parte da região Norte do País, depois de um oráculo que referia que, neste domingo, 3 de maio, surgiram «alguns ajuntamentos» no Porto.

04 Mai 2020 | 10:59
-A +A

A TVI volta a estar no centro de uma polémica regionalista. Este domingo, 3 de maio, numa reportagem do Jornal das 8, foram exibidas algumas imagens das cidades de Lisboa e Porto, a propósito do estado de calamidade pública, e do progressivo desconfinamento do país.

Nas duas imagens eram referidos «alguns ajuntamentos na Ribeira do Porto»  e que «alguns lisboetas» tinham aproveitado o dia para passear. No entanto, as imagens utilizadas ilustravam realidades diferentes.

O conhecido humorista Fernando Rocha foi dos primeiros a pronunciar-se sobre o tema e a partilhar imagens dos oráculos do canal de Queluz de Baixo, usando a descrição  «Que fdp», para caracterizar a atitude do canal.

 

View this post on Instagram

 

Que fdp

A post shared by Fernando Rocha ⭕ (@rochacomedy) on

Depressa os comentários se fizeram sentir nas redes sociais, com os nortenhos a mostrarem o seu descontentamento por, mais uma vez, a TVI estar a insultar «descaradamente os tugas do Norte», como referiu um seguidor do humorista.

«Canal da televisão portuguesa que mais descrimina o povo português», «Vindo da TVI já não é surpresa.. Somos do norte com orgulho. Quem não gosta de nós aprende a gostar», «O circo continua», «Não compreendo. Aliás é burrice a mais. Qual vai ser desculpa desta vez?» e «Esta luta regionalista da TVI contra o norte e o Porto está a ter contornos ridículos» são alguns dos comentários.

Também o cantor Jimmy P reagiu à publicação do humorista dizendo: «Já estamos habituados amigo».

TVI obrigada a pedir desculpas

 

Recorde-se que, no passado mês de abril, a TVI foi alvo de críticas depois de apresentar uma reportagem sobre a atual situação do País em que, no oráculo, referia um «Norte de Portugal mais castigado: População menos educada, mais pobre, envelhecida e concentrada em lares», o que não agradou à população nortenha que depressa teceu duras críticas ao canal.

A 13 de abril, no Jornal das 8, a TVI exibiu uma peça que pretendia mostrar a disparidade da pandemia da Covid-19 a Norte e a Sul e gerou uma enorme controvérsia e partilhas nas redes sociais. Tudo porque as razões invocadas para o Norte ter sido «mais castigado» pelo coronavírus deviam-se ao facto de ser uma «população menos educada, mais pobre, envelhecida e concentrada em lares».

Depois de receber muitas críticas, nomeadamente de Rui Moreira, Presidente da Câmara Municipal do Porto, a estação de Queluz de Baixo já reagiu e apresenta publicamente um pedido de desculpas. Num texto redigido pelo Diretor de Informação da TVI, Sérgio Figueiredo explica os motivos que levaram a TVI a levar para o ar a peça, esclarecendo que apenas tentaram responder às questões levantadas pela pandemia da Covid-19, com o intuito de produzir uma «reportagem com uma intenção genuinamente construtiva e socialmente relevante».

Da mesma forma, assume o erro na construção frásica que levou a outras interpretações, destacando as «condições terríveis» em que as redações se encontram devido ao Estado de Emergência e, também, realçando a relação histórica que o canal tem com o Norte.

Recorde aqui a polémica
Texto: Marisa Simões e Inês Borges; Fotos: DR

 

Leia ainda:
Porto Canal entra na guerra sobre o Norte e manda alfinetadas à TVI
«População menos educada»: Rui Moreira defende o Norte e ataca TVI por peça polémica

 

Eis os passos a seguir:

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt
2 – Escolha a sua revista
3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR
4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top