GUERRA NA RTP! Trabalhadores queixam-se ao Governo por causa de novas contratações

Depois do anúncio público da contratação de Cândida Pinto e Helena Garrido para a direção de informação da RTP, os trabalhadores da televisão pública manifestam descontentamento.

16 Nov 2018 | 14:47
rtp sede instalações edifício
-A +A

Numa carta, enviada ao Governo, a Comissão de Trabalhadores da RTP afirma que o «serviço público de rádio e televisão está a ser prestado num ambiente de crescente insatisfação e injustiça entre os trabalhadores, precários e do quadro».

O clima de crescente insatisfação foi acicatado pelo anúncio da contratação de Cândida Pinto (SIC) e Helena Garrido (ex-diretora do Jornal de Negócios) para a direção de informação da RTP, agora liderada por Maria Flor Pedroso. Recorde-se que os trabalhadores em situação precária se manifestaram recentemente. Um protesto que teve como principal motivo o atraso no reconhecimento do seu vínculo à empresa.

De acordo com a Lusa , a decisão de enviar a carta tem como objetivo perguntar ao governo se autorizou o Conselho de Administração do Serviço Público de Televisão a fazer contratações externas. Na próxima segunda-feira, 19 de novembro, a ministra da cultura vai encontrar-se com os representantes dos trabalhadores da RTP.

 

Contratações de luxo e saídas polémicas

Na semana passado, foram tornados públicos os nomes das novas diretoras adjuntas de informação da RTP: Cândida Pinto e Helena Garrido.

Depois de 26 anos na SIC, Cândida Pinto muda-se para a RTP e é a contratação que mais polémica está a gerar. Cândida Pinto e Helena Garrido são as diretoras ajduntas de informação que se juntam, assim, a Maria Flor Pedroso, sucessora de Paulo Dentinho.

Veja mais: Maria Flor Pedroso é a primeira mulher a assumir a direção da RTP

 

A jornalista Maria Flor Pedroso assumiu o cargo de diretora de informação da RTP há um mês, após a polémica que envolveu Paulo Dentinho. No início do mês de outubro e após ter escrito um polémico texto sobre o caso de alegada violação no qual Cristiano Ronaldo está envolvido, o jornalista colocou o lugar à disposição.

A administração da RTP aceitou tendo, depois, nomeado Maria Flor Pedroso para o cargo. A jornalista da Antena 1 tornou-se a primeira mulher a assumir a direção de informação da RTP.

Texto: Redação WIN | Conteúdos Digitais | Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top