Há mais dinheiro para o caso Maddie

11 anos depois do desaparecimento da menina britânica, autoridades vão receber mais fundos para continuar investigação.

27 Mar 2018 | 12:04
-A +A

11 anos depois do mediático desaparecimento de Madeleine McCann, na praia da Luz, no Algarve, a polícia britânica vai receber mais fundos do governo do Reino Unido para prosseguir a investigação.

 

Um porta-voz do governo britânico assegurou que o governo continua a ter interesse nesta investigação: «continuamos empenhado na investigação ao desaparecimento de Madeleine McCann».

 

O pedido de mais verbas foi feito em fevereiro e, ao longo da última década, foram feitos vários «reforços» a nível financeiro para que a Operação Grange, como é denominada, continuasse.

 

LEIA TAMBÉM: McCann perdem recurso contra Gonçalo Amaral

 

De acordo com o jornal britânico Telegraph, desde 2011 foram investidos cerca de  11 milhões de libras (12,6 milhões de euros ao câmbio atual).

 

Para esta investigação, foi acordado que o governo garantiria cerca de £ 154.000, ou seja, cerca de 176.196 mil euros, a cada seis meses.

Os pais de Madeleine, Kate e Gerry McCann, de Rothley, Leicestershire, prometeram nunca desistir de encontrar a filha. Maddie, de quatro anos, desapareceu na noite de 3 de maio de 2007 do aldeamento Ocean Club, na praia da Luz, algarve. 

 

PUB
Top