Helena Isabel sobre VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: «meteu-me no chão e sufocou-me»

Vítima de violência doméstica, Helena Isabel Patrício partilha o trauma que viveu. A ex-concorrente da Casa dos Segredos deixa ainda um alerta.

09 Fev 2019 | 11:07
-A +A

Depois de ter revelado nas redes sociais, em julho de 2018, que foi vítima de violência doméstica por parte de Gonçalo Rosado, Helena Isabel Patrício falou sobre o tema no Jornal das 8 desta sexta-feira, 8 de fevereiro. Numa altura em que já foram mortas 10 mulheres às mãos dos companheiros, a ex-concorrente da Casa dos Segredos contou a sua história durante a rubrica Deus e Diabo, conduzida por José Eduardo Moniz.

Helena e Gonçalo terminaram a relação no verão de 2018, que durou mais de um ano e meio. Foi nessa altura que surgiram as primeiras notícias que a ex-concorrente da Casa dos Segredos sofria de violência doméstica.

«Vivi uma relação que ao início era maravilhosa. Isto para dizer que as pessoas não são só monstros, também têm coisas boas. Aqui a questão é que as coisas más sobrepõem-se. Estas pessoas não são pessoas totalmente más, não demonstram logo o que são. Quando eu estive com esta pessoa [Gonçalo Rosado], ao início eram tudo rosas e nada indicava este tipo de comportamentos», começou por revelar.

«Estamos a falar de pessoas que não sabem lidar com a adversidade e contrariedade e estamos num espaço público e vão para o meio da estrada para se suicidarem. Que quando estamos em casa e não sabem lidar com um não, metem uma faca ao pescoço. E temos de lidar com isso todos os dias. Foram sempre a ele [as tentativas de pôr fim à vida], mas é uma coisa que me aflige», explicou.

Leia mais: É DESTA! Helena Isabel RETOMA OS ESTUDOS: «NÃO É PARA TODOS»

 

Perante a situação, a ex-concorrente da Casa dos Segredos revela ter pedido ajuda à Associação de Apoio à Vítima. «Fiz uma queixa à APAV e eles disseram: ‘o seu caso está em risco máximo’. Marcaram-me logo uma consulta com uma psicóloga em Cascais, à qual eu não fui porque tinha compromissos e fui arrastando a situação. Mantiveram-se em contacto comigo. Entretanto voltei para a pessoa e eles [APAV] ficaram alarmados», esclareceu.

Depois das acusações, Helena Isabel é questionada por José Eduardo Moniz sobre o motivo que a levou a reatar a relação. «Achamos que a pessoa melhora, que é pontual. Até que no dia 18 de fevereiro de 2018, tínhamos vindo de um jantar onde já tínhamos discutido e nesse dia quando chegámos, meteu-me no chão e sufocou-me. Só tive tempo de pedir ajuda. No quarto andar ouviram os meus gritos de desespero», recordou, assumindo que estava «assustada».

Veja também: ALERTA SEXY! Helena Isabel DESPE-SE e DÁ TUDO em BIQUÍNI

 

A ex-concorrente da casa mais vigiada do país explica ainda como tudo chegou ao fim. «Parou porque eu fiz uma carta ao Ministério Público onde propus um acordo. Nem pedia dinheiro. A única coisa que pedia era um pedido de desculpas público e pulseira eletrónica. Soube por ele – porque entretanto íamos falando – que lhe chegou a carta e foi aí que ele parou», assegurou. 

Sobre o motivo pelo qual fala agora abertamente da situação, Helena Isabel revela sentir-se «liberta». «A minha ligação com essa pessoa foi até há pouco tempo. É antagónico, mas existe. Não me conseguia livrar dessa pessoa», desvendou.

Texto: Redação WIN – Conteúdos digitais/ Fotos: Redes Sociais

PUB
Top