Helena Laureano em paz com a MORTE DA MÃE: «Todos os dias falo com ela»

Helena Laureano está de volta à ficção na série da SIC Golpe de Sorte. A atriz, que perdeu a mãe em 2014, revela que passou uma fase complicada mas que agora já consegue falar sobre o tema.

30 Mai 2019 | 18:10
-A +A

O bom filho à casa torna é um ditado que se aplica na perfeição a Helena Laureano. Aos 51 anos, a atriz regressa à ficção televisiva em Golpe de Sorte. E foi precisamente na SIC que, há 17 anos, protagonizou a segunda novela produzida pela estação, O Olhar da Serpente.

Helena Laureano tem feito pequenas participações em novelas e não abraçava um papel maior desde Belmonte (TVI). As gravações da novela, em 2014, coincidiram com a morte da mãe, Maria Helena, acontecimento que deixou Laureano devastada.

«Não passou mas neste momento consigo falar. No Belmonte a minha mãe faleceu, fui-me muito abaixo. As memórias ficam. Todos os dias falo com a minha mãe, todos os dias ela está comigo. Mas a vida tem de continuar», admite a atriz.

O facto de estar rodeada de caras bem conhecidas e com quem já trabalhou no passado, como Manuela Maria, Rui Mendes, Vítor Norte e Maria João Abreu, deixam a atriz «felicíssima». «Tinha saudades de trabalhar, de estar com as pessoas».

Em Golpe de Sorte, Helena Laureano é Rosanne Toledo, uma espanhola que agita Alvorinha e que é casada com Horácio, o presidente da coletividade da terra. 

 

Veja mais:
Helena Laureano recorda passado de violência doméstica
Maria João Abreu sobre primeira protagonista: «Já merecia»

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: Helena Morais, SIC e Arquivo Impala

PUB