“Hell’s Kitchen”: Ex-concorrente processa Ljubomir por alegado ataque à dignidade

Cândida Batista vai levar a tribunal Ljubomir Stanisic e a produtora do formato. A ex-concorrente do “Hell’s Kitchen” diz ter sofrido um ataque à dignidade

13 Abr 2022 | 16:00
-A +A

Cândida Batista, ex-concorrente do “Hell’s Kitchen”, da SIC, resolveu levar a tribunal Ljubomir Stanisic e à produtora do formato, Shine Iberia Portugal. No processo que deu entrada no Juízo Local Cível de Lisboa, a chef brasileira – que reside há vários anos em Viena de Áustria – alega ter sofrido um ataque à sua dignidade e exige, por isso, 40 mil euros de indemnização.

“Ela ficou profundamente incomodada como a sua imagem foi apresentada nos vários episódios em que participou, e que a imagem que passou cá para fora em nada tem a ver com a sua”, contou uma fonte próxima de Cândida Batista à TV Mais, aditando que “isso lhe trouxe consequências negativas a nível profissional”.

A mesma fonte terá relatado ainda que foram feitas várias insinuações de cariz sexual, algumas pelo anfitrião do programa, Ljubomir Stanisic: “Nomeadamente quando ele lhe pergunta a sua opinião sobre os concorrentes do sexo masculino. A ela, que é mulher e mãe!.”

Cândida Batista: “Jamais esperava por ataques pessoais”

Aliás, após ter sido eliminada do programa, Cândida Batista mostrou a sua revolta ao dizer que nenhum feedback que recebeu durante a sua competição do Hell’s Kitchen foi relacionado com a sua aptidão para a cozinha. “Mas, sim, sobre o meu corpo (…) Jamais esperava por ataques pessoais num nível de misoginia tão absurdo no mundo da televisão”.

A terceira classificada do Hell’s Kitchen que teve como vencedora Francisca Dias, disse ainda na altura que jamais trabalharia nos restaurantes e Ljubomir. “Jamais. Só se me pagassem, e me pagassem muito bem. Se fizer parte do meu contrato eu vou, fazer o quê… Se não, tenho que pagar uma multa contratual. Se eu puder escolher eu não vou”, afirmou Cândida, comparando Stanisc e Gordon Ramsay, o polémico chef britânico para quem trabalhou. “O Ljubomir é uma cópia barata, é uma versão ‘made in China’ do Gordon Ramsay”.

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Redes sociais

PUB