II Troféu VIP de Minigolf: Animação não faltou no melhor minigolf do País

O melhor minigolf do País recebeu, pelo segundo ano consecutivo, a competição mais divertida: O II Troféu VIP de MiniGolf. Um evento muito animado e memorável em Albufeira, no Algarve.

20 Jul 2019 | 9:30
-A +A

O relógio marcava 17 horas em ponto, deste sábado, dia 13 de julho, quando atores, atrizes, músicos e outras figuras públicas encheram o Adventure Minigolf Park, em Albufeira, junto ao Hotel Ondamar, para colocarem à prova os dotes de golfistas.

O sol também marcou presença, a passadeira vermelha destacava-se entre o verde dos campos, a cascata de água, os lagos e toda a envolvência criaram o cenário perfeito para uma tarde que todos disseram ser memorável, de muita competição mas, também de muita diversão e companheirismo. Começava assim o II Troféu VIP de Minigolf, onde houve de tudo, entre os 52 participantes que se dividiram em três categorias: Kids – 6 jogadores; Júniores – 13 jogadores; Adultos – 33 jogadores.

Houve quem fosse regular praticante deste desporto, quem gozasse da fortuita sorte de principiante e, até, algumas revelações. Se, para uns o resultado era menos importante que a diversão, para outros as competições são para ganhar. Ainda assim, no fim, todos parecem concordar que o dia foi “brutal”. Mais: Não houve quem não se desfizesse em elogios às condições e beleza do espaço que recebeu o torneio.

 

«Este sítio é lindíssimo, muito tranquilo»

 

A atriz Paula Marcelo, por exemplo, não é uma fã nata de desporto, mas, o minigolf, poderá tê-la conquistado. “Já há muitos anos que não jogava golf, pelo menos mini. Mas estou-me a divertir imenso. Fazer desporto não é comigo, mas acho este sítio lindíssimo, muito tranquilo, muito zen e acaba por ser muito agradável estar a competir, mas não estarmos a sentir aquela competição agressiva, porque isto é muito zen”, explicou.

Para o cantor Leandro, a sua primeira vez, foi, como nos contou, um sucesso. Ainda que não tenha ocupado um dos três lugares do pódio. “Correu bem, para a primeira experiência. Acertei algumas vezes à primeira tacada. Nunca percebi este jogo. Mas acho que é um antistress. É um jogo com muita paz, muita tranquilidade. Não vou dizer que não sou competitivo,  toda a vida competi, acaba por ser já algo meu”.

Por outro lado, a professora universitária Sissi Prata – que já leva algumas tacadas a mais que a maioria dos participantes – defendeu que este é um dos seus desportos de eleição para passar um dia feliz em família. “O ano passado já cá tinha estado, aliás, eu jogo minigolf desde que o meu filho tinha três anos, adoro. Acho que é um desporto fantástico para se jogar em família. Nesse contexto até acho que este campo é excecional, porque já temos alguma experiência. As maiores diferenças e aquilo em que eu acho que este campo se destaca é em termos da parte decorativa – do ambiente, da cascata que é absolutamente genial, o pormenor da ponte de cordas, o facto de não haver dois buracos similares – é um desafio constante. Ri-me e diverti-me imenso”, disse para depois dar a tacada final: “Foi absolutamente genial”.

Também o ator Dylan Miguel já era conhecedor da técnica do jogo:  “Já pratico golf desde os sete. Esta é a primeira vez que jogo minigolf, a estratégia e a concentração são as mesmas”, explicou.

A cantora Kelly Medeiros confessa que no golf, costuma “arrancar muita relva”, felizmente, o Adventure Minigolf Park conta com uma relva sintética especial, importada da Holanda, do fornecedor do melhor tapete sintético da Europa. “Acho que não vou arranjar tanta relva como normalmente”, brincou, para continuar. “É gostoso, é tranquilo, parece que traz paz. O campo é lindo, a cascata é linda, não conhecia e fiquei encantada com o minigolf”, disse.

 

«Este campo tem uma grande diversidade de buracos»

 

Mesmo para quem, como a atriz Cléu Malulo, nunca tinha jogado o minigolf conseguiu apimentar-lhe a curiosidade… ainda que, segundo ela, não tenha corrido da melhor forma. “Adorei. Não correu muito bem, porque acabei com mais tacadas que todos do meu grupo. Foi a minha primeira vez e gostei muito. Tenho um campo de golfe ao pé de minha casa e sempre tive curiosidade. Mas depois de contar as tacadas, estou com vontade de repetir tudo do início”, afirmou.

“É a segunda vez que jogo, gosto muito de competir contra o meu pai. É sempre bom vir até aqui. Este campo tem uma grande diversidade de buracos, o sol e o ambiente é muito bom. Voltava a jogar porque é muito viciante”, disse, entusiasmada, a atriz Beatriz Frazão, não discordando do que nos diria a também atriz Matilde Serrão: “Divertimo-nos muito. Correu bem, mas da última vez correu melhor. Faz parte. Gosto do jogo, gosto do convívio com os meus amigos e adoro este campo”.

Veja o vídeo

O minigolf conquistou o coração das mais novas atrizes da ficção nacional, visto que também Daniela Marques, que foi evoluindo ao longo da prova, reforçou a opinião das colegas de profissão. “No início estava a correr mal. Estava a fazer sete, seis , sete (tacadas), mas depois, no fim, foi tudo dois, três. Gosto do desafio, há buracos que são difíceis e desafiantes e eu sou muito competitiva”, confidenciou, terminando com um elogio ao espaço do II Troféu VIP de Minigolf: “A cascata, com o pôr-do-sol e o jardim, fica espetacular. É um espaço brutal para vir em família ou com os amigos”.

Mesmo os adultos parecem concordar que o torneio foi um sucesso. “Gostei imenso, sei que não vou ganhar, porque tenho de praticar mais, mas foi divertido. Para quem tem crianças é ótimo, primeiro porque é protegido, depois porque tem pistas para iniciantes e depois, claro, para mais avançados. Aqui no hotel tem tudo, tem a parte da piscina, do minigolf, perto da praia, tem tudo aqui ao lado”, disse a atriz Branca Matos, referindo-se ao Hotel Ondamar.

Por último o empresário Duarte Freitas e a namorada, a modelo Joana Martins, que ocupou o terceiro lugar do pódio dos adultos, experimentaram, pela primeira vez, a magia deste desporto. “Foi a primeira vez, os dotes custaram a sair, mas depois no final melhorei. Foram duas bolas para dentro do lago, de pessoal da nossa equipa, foi uma surpresa”, disse ele, em sintonia com a namorada: “”Nunca tinha jogado na similar, foi uma experiência completamente nova, mas gostei da experiência. Fiquei bem, o meu grupo ficou todo quase nas 50 tacada mais ou menos”.

 

Texto: Tiago Miguel Simões; Fotos: Helena Morais

PUB
Top