Indignação aumenta: Filha de Alexandra Lencastre junta-se ao coro de críticas contra TVI

Margarida Bakker, a primogénita de Alexandra Lencastre, junta-se aos jovens que apontam o dedo a Cristina Ferreira por ter contratado a filha de Maria Cerqueira Gomes para a próxima novela da TVI.

20 Fev 2021 | 21:30
-A +A

Margarida Bakker, a filha mais velha de Alexandra Lencastre e também ela atriz, é mais uma dos muitos jovens que se juntam ao coro de críticas contra o facto de Cristina Ferreira, enquanto Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI, ter contratado a filha de Maria Cerqueira Gomes, Francisca Cerqueira Gomes, para protagonista da próxima novela da estação de Queluz de Baixo. A notícia, recorde-se, é dada pela TV 7 Dias na edição em banca.

“Olá, o meu nome é Margarida Bakker e sou atriz. Também sou filha da Alexandra Lencastre. Há quem diga que isso me define, o que acho que é um bocadinho redutor. No entanto, não estou aqui para falar sobre isso. Estou aqui para falar da preferência que se dá à beleza e ao número de seguidores ao invés da formação e talento, por assim dizer“, começa por dizer a jovem atriz, em vídeos partilhados nas redes sociais.

 

Margarida Bakker defende que problema não é de agora

 

Margarida Bakker, que participou recentemente na novela “Amor Amor”, da SIC, defende que este “é um problema que já vem de trás e que, pela primeira vez, foi assumido na imprensa como fator influente de contratação”.

“Acho também que já é um problema que vem tão de trás que nos remete, por exemplo, para ‘Morangos com Açúcar’, que contratava jovens dia sim, dia não”, recorda, apontando a “produção em massa autêntica” que a série exigia, no caso, à TVI. “Muitos não tinham formação e acabaram por ter a chamada ‘escola Morangos'”, continua, ressalvando que diz isto “sem querer desvalorizar essa escola” e “sem querer desvalorizar o mundo televisivo, que é complicado, tanto a nível psicológico como físico”.

 

Filha de Alexandra Lencastre alerta: “Para onde vão os formados?”

 

Sem desconsiderar “o quão desgastante pode ser o ritmo televisivo” e o quanto valoriza “as pessoas que trabalham nesse meio”, a primogénita de Alexandra Lencastre prossegue com uma questão fundamental para os jovens atores que tentam singrar no meio.Para onde vão os formados? Para onde é que eles vão? Para as caixas de supermercado… [pausa] Não me estou a lembrar de mais nada”, alerta.

Margarida Bakker, nascida da relação terminada da estrela da SIC com o produtor de televisão holandês Piet-Hein Bakker, termina o seu depoimento sublinhando que o mesmo não representa “um ataque pessoal” a Francisca Cerqueira Gomes, modelo e influenciadora digital que ganha, assim, através da TVI, a sua primeira oportunidade na representação.

 

Manifesto contra decisão de Cristina Ferreira supera 200 mil visualizações

 

Gonçalo Ícaro, de 23 anos, apresenta-se como ator e músico, com “seis anos de formação em teatro”, e é o rosto do depoimento que tem tido mais impacto nas redes sociais. À data da publicação deste artigo, o vídeo do jovem já tinha somado mais de 200 mil visualizações e dois mil comentários no Instagram.

“Venho por este meio fazer um vídeo que não queria fazer. Venho por este meio fazer um vídeo que me leva a acreditar que nunca vou conseguir”, começa por dizer, dirigindo-se à diretora da TVI: “Porque, Cristina, tu deste oportunidade a uma miúda com 18 anos (…). Esta miúda, por ser filha de quem é, de uma apresentadora da TVI, de repente tem direito a um casting que não chega a toda a gente e é-lhe dada de bandeja uma oportunidade com que muitos sonham. Muitos sonham com isto!”

O jovem continua falando diretamente para Cristina Ferreira: “Cristina, tu vens do bairro. Portugal ama-te porque tu chegaste, singraste, venceste. Eu sou do bairro. Se quiseres, venho lembrar-te os Ronaldos que estão a jogar descalços na rua, felizes, porque vão vivendo o sonho aos poucos. E é isto que é bonito nesta profissão. É irmos vivendo o sonho, é irmos conseguindo, não é entregar-nos as coisas de bandeja. Sabes porquê? Porque as pessoas, no futuro, não vão sentir a importância do feito delas.”

 

Leia todo o depoimento e conheça outros manifestos aqui.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top