Inês Herédia relembra primeira vez que lhe veio o período: «Estava tudo errado»

Inês Herédia revela que a primeira vez que menstruou foi na passagem de ano e que foi um momento muito caricato. «Fui para a casa de banho a achar que estava tudo errado comigo», conta.

13 Fev 2020 | 18:50
-A +A

Inês Herédia, de 30 anos, esteve esta quinta-feira, dia 13 de fevereiro, na MegaHits para participar na rubrica Primeira Vez e na «rifa» calhou-lhe falar… da primeira menstruação!

«A primeira vez que me veio o período?» lê Inês Herédia ao retirar o papel. Sem pudores, a atriz recorda que a primeira vez foi durante a contagem decrescente da passagem de ano de 2004 para 2005. «Eu tinha 15 anos, foi muito tarde (…) foi na altura do dez, nove, oito…na passagem de ano», começa por dizer.

«No momento da contagem e eu fiquei ‘ai, ai… what? o que é isto? calma…E fui para a casa de banho a achar que estava tudo errado comigo. Foi muito interessante (…) Achei que aquilo estava tudo errado, não fazia sentido», conta. A companheira de Gabriela Sobral refere que tinha acabado de fazer 15 anos quando tudo aconteceu e que, por isso, andava no nono ano. «Foi uma boa introdução. Esse ano deve ter corrido bem, não sei».

«Choro sempre na passagem de ano»

«Eu estava com a minha família e mandei chamar a minha mãe para a casa de banho e disse-lhe: ‘está qualquer coisa errada aqui’», acrescenta, afirmando que a mãe ficou muito emocionada, mas foi um sentimento que não foi partilhado pela artista. Inês Herédia relembra que, nessa altura, as amigas já tinham os corpos muito desenvolvidos, ao contrário dela que «não tinha nada». «Usava sutiã sem nada lá dentro e punha algodões».

A verdade é que, coincidência ou não, Inês Herédia garante que chora sempre em todos os réveillons: «choro sempre na passagem de ano, não sei se foi por esse momento, mas é inevitável», refere.

Texto: Inês Borges/ Fotos: DR e Arquivo Impala
Veja também:
Inês Herédia surge nua acompanhada pelos gémeos
Inês Herédia revela sofrimento antes de assumir homossexualidade: «Vivia na solidão»

PUB
Top