INSÓLITO! Concorrente de Começar do Zero alimenta-se COM RAÇÃO DE CÃO

Fábio é natural de Espinho e entrou no programa da TVI para se descobrir. «Quem é o Fábio na realidade, nem eu próprio sei», disse.

22 Abr 2019 | 18:30
-A +A

A emissão deste domingo de Começar do Zero, da TVI, apresentou novos concorrentes. As irreverentes Ana e Sara, da Quinta do Conde, foram as primeiras. Enveredaram nesta aventura para tentarem perceber o que é que é realmente importante. Fábio foi o segundo. Natural de Espinho, assume ser viciado em roupa e que o que o faz sentir bem é gastar dinheiro. «Vivo uma vida de muito materialismo. (…) Mas quem é o Fábio na realidade, nem eu próprio sei», disse.

Fábio nasceu no seio de uma família pobre. Trabalha como audioprotesista, o que lhe permite construir uma vida financeira estável. Apesar de ter «muitos zeros» na conta bancária, o que precisa para se encontrar é «começar do zero».

A primeira noite que passou sem os seus pertences não foi fácil. Habituado a uma alimentação muito específica, acabou por receber um saco de «ração de sobrevivência» dado pela produção. «Isto vai fazer-me mal. Se tiver fome, como a ração do Lucky», afirmou. Assim foi. «Ele tem ali uma comida sem glúten e com 40 por cento de proteína. Se calhar não sabe mal…».

Depois de comer a ração do seu cão, Fábio assume que esta não faz tão «mal» como o kit de sobrevivência!

«Vão mas é trabalhar!»

O recheio da casa de Ana e Sara na Quinta do Conde foi esvaziada. «Vai ser uma experiência benéfica para mim porque vou conseguir desapegar-me de algumas coisas», disse a primeira. «Vamos habituar-nos a viver com menos coisas», acredita a segunda.

Em casa, ficaram apenas com os objetos que pertencem aos animais: alimentação e alcofa. Para se cobrirem, Ana encontrou uma solução radical: arrancou uma porta. «Vamos fazer uma espécie de cabaninha para dormir!».

Depois de uma primeira noite em que ocuparam a cama dos animais para minimizar o frio, conseguiram sair e oferecer trabalho em troco de uma refeição.

Não deixaram, no entanto, de ouvir insultos enquanto estavam na rua apenas embrulhadas com uma manta do cão e do gato. «Vão mas é trabalhar»

Para já, a experiência social para as duas amigas correu melhor do que estavam à espera. Resta saber o que vai acontecer daqui em diante!

Veja também:
Despida, concorrente é MALTRATADA em Coimbra e CHEGA AO LIMITE!
Saiba como está vida dos concorrentes depois de Começar do Zero

 

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: reprodução redes sociais

PUB
Top