Insólito: Pedro Santana Lopes fica fora de si e abandona debate em direto

A CNN Portugal convidou Pedro Santana Lopes para um debate sobre o direito à privacidade dos políticos, mas o ex primeiro-ministro não gostou de uma imagem sua e abandonou o direto.

27 Ago 2022 | 21:30
-A +A

A CNN Portugal convidou Pedro Santana Lopes para um debate sobre o direito à privacidade dos políticos, mas o ex primeiro-ministro não gostou de uma imagem sua que foi colocada em antena e abandonou o direto. O presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz participava na discussão por videoconferência com as comentadoras Helena Ferro Gouveia e Mafalda Anjos e da moderadora e jornalista Ana Sofia Cardoso.

Na antena da CNN Portugal surgiu, a dado momento, a célebre imagem do político, captada nos anos 1990, com a cabeça envolta num lenço vermelho. Santana Lopes irritou-se. “Está a ver… eu disse à vossa editora que não queria participar no debate, até porque já sabia que iam pôr, provavelmente, a fita encarnada e ela disse: ‘Nem pense nisso. Não é esse o ângulo do debate que vamos ter’. E, portanto, a correção e a lealdade, mais uma vez, estão à mostra”, reagiu.

A seguir, enquanto retirava o auticular, rematou: “Já saí de um debate por causa de um treinador de futebol chamado José Mourinho. E agora saio outra vez. Boa noite. São iguais!”. E abandonou o direto do canal da Media Capital, mesmo com Ana Sofia Cardoso a tentar justificar a divulgação dessa imagem como servindo de exemplo da época em que a sua vida foi escrutinada e Santana Lopes “vítima” das “mesmas atitudes” que hoje “estão a atingir outra figura pública europeia, a primeira-ministra finlandesa, também ela alvo de críticas acesas por causa da sua vida privada.

De lembrar que Sanna Marin está no centro de uma polémica depois de ter sido filmada a dançar numa festa privada.

Mafalda Anjos acabou por reagir à atitude de Santana: “Isto mostra que este fardo acrescido que os políticos, de facto, têm por estarem num cargo público, este fardo é pesado e, apesar de tudo, o Pedro Santana Lopes ainda não está em paz com aquilo que fez e com as fotografias que tirou”, opinou a comentadora da CNN Portugal.

Assista de seguida ao momento:

O que aconteceu em 2007

Já em 2007, o político tinha abandonado o estúdio da SIC Notícias, onde falava sobre a situação do PSD, depois de ser interrompido pela pivô Ana Lourenço para que a emissão acompanhasse, em direto, a chegada ao aeroporto da Portela, em Lisboa, do ex-treinador do Chelsea a Portugal. “Acha que isto se justifica? O José Mourinho é muito mais importante do que qualquer um de nós, sem dúvida nenhuma, e a chegada dele põe o país em delírio”, ironizou.

“Mas eu pergunto se é assim que o país anda para a frente? Convidaram-me para vir aqui falar de assuntos importantes. Eu vim com sacrifício pessoal. Chego aqui e sou interrompido por causa da chegada de um treinador de futebol. Acho que o país está doido! Desculpe dizê-lo, com todo o respeito. Não vou continuar a entrevista, acho que as pessoas têm de aprender. ‘Tá bem?”. E saiu.

Recorde esse momento:

Texto: Ana Filipe Silveira, Fotos: DR

 

PUB