Dois mil litros de gasóleo! Instalações da RTP Porto em risco de incêndio e explosão

A poucos metros dos estúdios da RTP Porto e a outros tantos de «uma zona com pinheiros e carvalhos» está uma reserva de combustível, adquirida na altura da greve de motoristas de matérias perigosas.

18 Nov 2019 | 11:07
-A +A

Dois mil litros de gasóleo a 12 metros dos estúdios da RTP no Porto estão a deixar preocupados profissionais do Centro de Produção do Norte da RTP, sediado no Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia.

O combustível foi adquirido pelo operador público de média aquando da greve de motoristas de matérias perigosas, em agosto passado, e está desde então «coberto com dois guarda-sóis», «a dois metros de uma zona com pinheiros e carvalhos» e a poucos mais de uma área de estacionamento dos carros de reportagens dos jornalistas da RTP.

A denúncia é feita por uma fonte da estação pública à edição desta segunda-feira, dia 18 de novembro, do jornal Correio da Manhã, que adverte que as reservas de gasóleo «estão acompanhadas de sinalização a alertar para o perigo que constituem, mas depois não cumprem com nenhuma regra de segurança». Trabalhadores receiam, por isso, a hipótese de incêndio ou explosão por negligência da administração.

Fonte oficial da RTP alega, ao mesmo diário generalista, que «já não existem dois mil litros depositados» e que os depósitos de combustível «cumprem todos os regulamentos legais, tanto em termos de acondicionamento do combustível, como de distância face aos locais de trabalho».

É, recorde-se, a partir do Centro de Produção do Norte da RTP que são feitos, entre outros, o matutino Praça da Alegria e o noticiário Jornal da Tarde.

 

Presidente e Diretora de Informação chamados ao Parlamento

 

O PSD entregou um requerimento para uma audição parlamentar ao presidente do Conselho de Administração da RTP, Gonçalo Reis, e à diretora de Informação da RTP, Maria Flor Pedroso. Tudo por causa do suposto adiamento de uma reportagem que envolve um secretário de Estado.

 

Saiba tudo aqui.

 

VEJA TAMBÉM:
Neonazi nas tardes da RTP: Fundação da McDonalds não analisa «vida das famílias»
Zé Pedro Vasconcelos ‘troca’ RTP pela SIC e ganha 7000 seguidores em minutos
Ex-Love On Top na RTP sobre vício: «Estive sem produção de espermatozóides»

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Impala

PUB
Top