TRAGÉDIA: Irmã de Yannick Djaló MORRE ATROPELADA

Açucena, a irmã de 17 anos do jogador Yannick Djaló morreu na madrugada deste sábado, na sequência de um atropelamento nas festas da Moita, em Setúbal.

15 Set 2018 | 14:37
-A +A

A irmã do jogador Yannick Djaló morreu durante a madrugada deste sábado, dia 15 de setembro, após um atropelamento nas festas da Moita, em Setúbal.

A jovem, que tinha celebrado 17 anos em agosto, estava a regressar a casa das festas com um grupo de amigos, quando foi surpreendida por uma viatura ligeira que entrou por uma rua que estava interdita a carros, devido ao arraial. Outro irmão da jovem também se encontrava no local e terá visto o acidente, avança o Correio da Manhã.

Veja também: Dia da Criança: Yannick Djaló chora ausência das filhas

Ana Sofia, antiga mulher do futebolista, revelou que Djaló irá deixar a Tailândia, onde joga atualmente, e irá regressar o mais rápido possível a Portugal. A família está devastada, confirmou à Flash.

O condutor, com cerca de 20 anos, foi detido pelas autoridades policiais ainda no interior do carro e deverá ser ouvido em tribunal este sábado. O alerta foi dado às 2h31. No local estiveram os bombeiros da Moita, uma equipa de paramédicos e a GNR.

 

Emocionante mensagem do irmão

 

O jogador mantinha uma forte ligação com a irmã. Quando Açucena festejou as 17 primaveras, Yannick  partilhou uma amorosa mensagem na sua conta de Instagram.

Veja também: Yannick Djaló assume nova paixão

«Tem coisas que o tempo não muda. Aos 17 anos eu já era um homem… tu não és uma mulher. És uma menina, a minha menina. Vais ser sempre a minha menina, não interessa quão crescida te tornes, serás sempre a Açu, minha irmãzinha que mais parece a minha filha. Ainda tens o mesmo sorriso meigo de quando tinhas cinco anos, a mesma voz doce de doze e um carácter incrível que me enche de orgulho todas as vezes que penso em ti, todas as vezes que falo em ti. Parabéns Açucena Patrícia, minha menina!», escreveu Yannick.

Fotografias: Redes Social e Arquivo Impala

PUB
Top