“Isto é mesmo perigoso”: Jornalista da TVI assume “medo” durante luta contra a COVID-19

O jornalista da TVI Joaquim Sousa Martins foi uma das vítimas da COVID-19 e lembra que, mais do que as sequelas físicas, ficaram as psicológicas.

30 Abr 2021 | 16:00
-A +A

Em outubro de 2020, Joaquim Sousa Martins testou positivo à COVID-19. Passados seis meses sobre a doença, o jornalista da TVI não esquece o que passou.

Em entrevista à TV 7 Dias, diz: “A sensação de medo é uma coisa que está muito na minha memória. Mais do que o cansaço extremo que sofri naqueles dias, eu guardo para mim esse lado mais emotivo, que é o receio do que poderia acontecer.”

A par desta memória, Joaquim Sousa Martins não esquece a quantidade de pessoas à sua volta que sofreram ou tiveram alguém que sofreu do mesmo mal, ainda que, felizmente, sem consequências de maior.

Sequelas não teve, mas tem a consciência de que “isto é mesmo perigoso”. “Tento ter o máximo cuidado em todos os gestos da minha vida”, assume o jornalista.

 

Leia a entrevista completa ao jornalista da TVI Joaquim Sousa Martins na edição desta semana da TV 7 Dias, já nas bancas.

 

TV 7 Dias

 

Texto: Luís Correia (luis.correia@impala.pt); Foto: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top