Já nasceu: Inês Gutierrez e João Montez já têm a filha nos braços. E já há fotos da bebé

Inês Gutierrez e João Montez foram pais de Maria Luísa esta quinta-feira, dia 14 de abril. O casal já mostrou as primeiras imagens a bebé. Veja tudo aqui.

15 Abr 2022 | 11:05
-A +A

Inês Gutierrez e João Montez foram pais esta quinta-feira, dia 14 de abril. A revelação foi feita pelos próprios, nas redes sociais, com uma sequência de imagens que derretem qualquer um.

Os apresentadores da TVI não podiam estar mais radiantes com a chegada a primeira filha. “E o nosso mundo parou, Maria Luísa14/04/2022 o dia mais difícil e bonito das nossas vidas. Obrigado a quem nos enviou tão boa energia por aqui. Nunca nos sonhámos tão felizes”, escreveram numa publicação partilhada nas páginas de Instagram. 

Veja tudo na nossa galeria acima. 

Os amigos e fãs do casal reagiram de imediato na caixa de comentários. “Ai que amor”, “A mais bonita aventura da vossa vida começa agora . Sejam muito felizes”, “Tão bonita”, “Ai, que beleza tamanha!” e “Mil beijos de parabéns, família” são alguns dos exemplos.

 

“Grávida insatisfeita”: Inês Gutierrez revolta-se após acusações

 

Inês Gutierrez não conseguiu calar a revolta após ser acusada de ser uma “grávida insatisfeita”. A namorada de João Montez fez um longo desabafo nas redes sociais, no qual admite que as críticas a deixaram particularmente triste.

“Ultimamente tenho recebido algumas mensagens que me deixam um bocadinho triste, que dão a entender que nunca viram uma grávida tão insatisfeita, como se eu estivesse a ser pobre e mal agradecida. Acho que é importante falar sobre isto. Estou super feliz, mesmo. Tenho muita noção e muita consciência da sorte que nós temos, sei de histórias muito complicadas relativamente a pessoas que querem engravidar e não conseguem”, frisa Inês Gutierrez, admitindo não estar a conseguir gerir a ansiedade na fase final da gravidez.

“Estou a viver dos meses mais felizes da minha vida a nível pessoal. Agora, isto não invalida que esteja numa fase de extrema ansiedade, em que já não estava a contar estar grávida quase às 42 semanas. É difícil gerir isto, é tudo uma questão de expectativas. Não consigo deixar de dizer que fico triste quando recebo mensagens a atacarem-me por estar a ser pobre e mal agradecida à vida, porque se há coisa que sou é mesmo grata”.

Leia mais aqui.

 

Texto: Joana Dantas Rebelo; Fotos: redes sociais 

PUB