Jessica Athayde acompanhada por psicóloga e psiquiatra: «Não há vergonha em pedir ajuda»

Jessica Athayde não esconde que recorre à ajuda de uma psicóloga e de um psiquiatra, sempre que precisa de ajuda para se sentir bem.

01 Jul 2020 | 12:35
-A +A

Jessica Athayde já tinha revelado que teve de tomar antidepressivos durante a gravidez e foi por isso que não conseguiu amamentar o pequeno Oliver, fruto da relação com Diogo Amaral. Esta semana voltou a falar no tema da depressão para também tentar ajudar as pessoas que possam estar a passar pelo mesmo. O objetivo da atriz é quebrar o preconceito que existe em recorrer à ajuda psicológica.

«Sempre falei abertamente sobre a importância que a saúde tem na minha vida. (…) Já partilhei que tenho uma psicóloga, um psiquiatra, que faço medicina chinesa e, até, terapia quântica. Que toda a ajuda é bem-vinda», referiu nas InstaStories, ferramenta do Instagram, revelando que durante a quarentena já tinha partilhado o contacto de «uma psicóloga que fez terapia a custo zero a quem precisasse».

«Agora, deixo sugestões de contactos e façam vocês o mesmo. (…) Não há vergonha em pedir ajuda, e arrumarmos as nossas gavetas emocionais. Só nos ajuda a avançar na vida, sem medos, e com o coração disponível», afirmou aquela que recentemente chorou a morte de Pedro Lima, que sofria com depressão há alguns anos.

 

Antidepressivos na gravidez

Duas semanas após ter sido mãe do pequeno Oliver, em junho de 2019, Jessica Athayde esteve na TVI para falar sobre a maternidade numa entrevista a Fernanda Serrano. De coração aberto, a atriz confessou que recorreu a antidepressivos durante a gravidez.

«Eu não gostei de estar grávida e estava mesmo no limite e fora de mim durante a gravidez. Fiz uma coisa que muitas mulheres fazem neste País e em todo o lado do Mundo: tive de tomar antidepressivos», confidenciou sem problemas em falar do assunto.

«Tomei a decisão de não dar de mamar porque se eu desse podia passar o antidepressivo ao meu filho. Há mulheres que o fazem e a criança pode ter uma ressaca e depois tenho de andar a desfazer antidepressivos dentro da papa do bebé», revelou ainda.

Texto: Filipa Rosa; Fotos: Reprodução Instagram

 

 

PUB
Top