Jessica Athayde comeu placenta. Fez bem ou mal? Nós temos a resposta!

Nos Estados Unidos e no Brasil é muito comum e várias famosas já o fizeram. Por cá, Jessica Athayde comeu a placenta depois de Oliver ter nascido. Especialista revela as vantagens e desvantagens´.

26 Set 2019 | 15:30
-A +A

Chama-se placentofagia e está na ordem do dia. Tudo porque a atriz Jessica Athayde revelou, recentemente, ter comido a placenta, em smoothies e cápsulas.

Nos Estados Unidos e no Brasil é muito comum e várias  famosas já o fizeram. A revista Maria falou com uma especialista e revela-lhe as vantagens desta prática para o corpo da mulher.

 

Leia tudo na edição desta semana da revista Maria.

 

Jessica transportou placenta numa «lancheira de praia»

 

Jessica Athayde satisfez a curiosidade de Cristina Ferreira e, através de Cláudio Ramos, explicou de que forma levou a placenta para casa. A atriz, de 33 anos, revelou na série documental Waiting for Oliver – Jessica Athayde on the Record, disponibilizada no site da Vogue Portugal, a intenção de ingerir esse órgão materno-fetal.

«Decidi comê-la em smoothies a seguir [ao parto], feitos por uma pessoa entendida. E essa pessoa também vai fazer cápsulas. Tenho lido muito sobre isso», adiantou num dos oito episódios da série.

Depois de ter manifestado algum repúdio pela ideia, Cristina acabou por não esconder a curiosidade. «Como é que trazes aquilo? Numa caixinha, num tupperware? E como é que metes nos sumos?», questionava a estrela da SIC esta segunda-feira, 23 de setembro, no programa matinal da estação de Paço de Arcos.

«Ela levou para casa numa lancheira de praia», contou Cláudio Ramos, frisando que o Hospital Cuf do Parque das Nações, em Lisboa, onde Oliver nasceu a 8 de junho, deu autorização.

 

Veja ainda:
Jessica Athayde segue pisadas de Kim Kardashian e decide comer placenta
Jessica Athayde revela em lágrimas que Diogo Amaral foi o grande amor da sua vida

PUB