Jéssica Fernandes de BB – A Revolução sofre com morte do tio

Concorrente era muito apegada ao familiar e ficou de rastos. Pai da jovem fala ainda sobre Renato, de quem não tem má opinião, mas deixa um aviso sério ao jovem.

11 Out 2020 | 21:00
-A +A

Com uma personalidade sensível, como é possível observar dentro do Big Brother – A Revolução, Jéssica Fernandes passou por um momento difícil poucos meses antes de ir para a casa mais vigiada do país. Segundo o pai, a jovem perdeu um tio, com quem tinha uma ótima relação, e ficou de rastos. E ainda, Pedro Fernandes comenta aproximação entre a filha e Renato.

«O meu tio Maron infelizmente bebia muito e rebentou-se o fígado dele. Ele era uma pessoa que não ia ao médico de maneira nenhuma. Isso para nós foi um choque. Ele andava-se a queixar de dores de estômago e é uma pessoa que teima que não vai ao médico e aquilo aconteceu. Nós, em fevereiro estivemos muito mal todos nós enquanto família. Ele era bonzinho para toda a família, a Jéssica adorava o tio e parte-se toda a chorar quando se fala do tio. Nós, enquanto família, temos um carinho especial uns pelos outros», garante.

Muito protetor da sua filha, Pedro não rejeita à partida a aproximação entre Jéssica e Renato. No entanto, tem uma crítica a fazer, que é o facto de o jovem não estar ligado à música. Ainda assim, por aquilo que tem observado, Pedro considera que o concorrente «parece ser um rapaz muito meiguinho e que está a compreender a Jéssica. Vamos ver o que é que isto vai dar. Eu acredito que não seja jogo porque eu no outro dia apanhei um bocadinho dele a falar sobre a forma como ela mexe no cabelo ou esfrega a cara. Eu até acredito que isso possa ser uma paixão louca».

Mas deixa um recado: «virar uma paixão que ultrapasse para uma obsessão ao ponto de não querer que ela fale com ninguém, aí é que isso pode ser perigoso». Isto porque, fundamenta, Jéssica já foi vítima de alguns “ex” que a quiseram controlar. «Isso já aconteceu. A Jéssica é uma menina que gosta de falar com toda a gente. Faziam-se passar por alguém para entrarem no Instagram e para andarem lá a controlar e a ver. Lembro-me de ela falar disso e sentir uma traição grande por causa disso», conclui.

Textos: Carla Ventura (carla.ventura@impala.pt); Fotos: Divulgação TVI e Reprodução TVI

 

Leia ainda:
Jéssica Fernandes de BB – A Revolução assume estar a apaixonar-se por Renato
Jéssica Fernandes de BB – A Revolução recorda passado de bullying: «Eu era um monstro»

PUB
Top